Jaú   •  
   Página Inicial
   Associe-se
   Atendimentos
   Aniversariantes
   Acordos
   Aviso Prévio
   Recolhimento da Contribuição Sindical
   Convenções Coletivas
   Colônia e Clube
   Código de Ética
   Convênios
   Contribuições Online
   Cursos / Palestras
   Diretoria
   Eventos
   Espião Forceps
   Fale Conosco
   Galeria de Fotos
   História
   Homologação
   Links Úteis
   LEI: Auxiliar x Técnico
   Localize
   Notícias
   Seguro de Vida
   Sindicato Forte
   Telefones Úteis
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

3ª Passeata Paulista da Saúde mobiliza o Estado, mas falta adesão da população

“Não adianta só reclamar. Pra mudar é preciso lutar”, diz presidente da Federação que representa os trabalhadores da saúde

Milhares de pessoas nas ruas viram de perto menos de 100 corajosos trabalhadores da saúde e alguns cidadãos voluntários na 3ª Passeata Paulista da Saúde, realizada na manhã de sábado (10-05) pelas ruas de Jaú. O movimento do Sindsaúde de Jaú pede melhores condições para os trabalhadores da saúde, melhores condições de atendimento à população nos hospitais e uma saúde mais digna.
A Passeata Paulista da Saúde movimentou Jaú e mais 30 cidades do Estado de São Paulo. A população se uniu aos trabalhadores da saúde para exigir respeito e valorização no setor da saúde. A presidente do Sindsaúde de Jaú, Edna Alves, comentou que as pessoas costumam reclamar muito do atendimento na saúde, mas não se mexem quando têm a oportunidade de protestar. Foi o caso da passeata em Jaú, que reuniu poucas pessoas fora da categoria da saúde.
“Numa cidade com milhares de casos de dengue, com postinhos de saúde fechados no fim de semana, com pronto-socorro e hospitais lotados e com todo mundo reclamando pelo Facebook era pra ter mais gente nas ruas na passeata. Infelizmente as pessoas reclamam demais e agem pouco para mudar o quadro caótico da saúde”, desabafa Edna.
De acordo com o presidente da Federação da Saúde do Estado de São Paulo, Edison Laércio de Oliveira, a entidade está trabalhando para o crescimento deste movimento, mas ainda é necessário mais mobilização dos trabalhadores e da população para que a saúde seja melhorada.
“Nós nunca sabemos quando ficaremos doentes e vamos precisar contar com o atendimento de um profissional da saúde. Queremos ser bem atendidos e, para isso, é preciso haver qualidade de trabalho para estes profissionais tão importantes para a manutenção da saúde. Entretanto, é preciso haver participação ativa da população e mobilização da categoria. Não adianta só reclamar. Pra mudar é preciso lutar”, alerta ele.
Em Jaú, convites foram feitos ao longo da semana por meio de carro de som, jornal, rádio, TV, panfleto e jornais. Sábado, a categoria foi às ruas para pedir jornada de 30 horas para o trabalhador da saúde, para pedir o fim de jornadas abusivas nos hospitais, para pedir mais trabalhadores e mais médicos nos hospitais... enfim, defender uma saúde melhor para todos nós.
Ao percorrer as ruas de Jaú, especialmente na região central, as pessoas saíram das lojas para ver o movimento, quem estava nas calçadas parou para observar a passeata. Alguns poucos aderiram. Mas muitas pessoas pareciam que vive no país das maravilhas, já que reclamam do atendimento médico, mas não faz nada para melhorar.
Quem foi às ruas para protestar e pedir melhorias para todos na saúde merece os parabéns. Lutaram por todos. Valeu o movimento de luta. No fim da passeata, em frente da Prefeitura de Jahu, a presidente do Sindsaúde, Edna Alves, agradeceu a participação de todos, saudou os presentes e fez homenagem ao colega de enfermagem que morreu dias atrás em Gália, Claudio Tavares, que estudou em Jaú, formou-se enfermeiro e foi buscar uma oportunidade de trabalho. Ele foi associado do Sindsaúde, antes de mudar de cidade.
Ainda antes do fim da passeata, o diretor Arlindo Medeiros lembrou da colega Fátima Augusto, que morreu em fevereiro deste ano. Ela sempre esteve junto nos movimentos do sindicato e, certamente, estaria com a categoria nesta última passeata caso estivesse viva.

"CLIQUE AQUI E VEJA AS FOTOS DA PASSEATA"

 
 
Sindicato da Saúde Jaú e Região
Rua Sebastião Ribeiro, 501 - CEP 17.201-180 - Centro - Jaú / SP
Fone (14) 3622-4131 - E-mail: sindsaudejau@uol.com.br