Jaú   •  
   Página Inicial
   Associe-se
   Atendimentos
   Aniversariantes
   Acordos
   Aviso Prévio
   Recolhimento da Contribuição Sindical
   Convenções Coletivas
   Colônia e Clube
   Código de Ética
   Convênios
   Contribuições Online
   Cursos / Palestras
   Diretoria
   Eventos
   Espião Forceps
   Fale Conosco
   Galeria de Fotos
   História
   Homologação
   Links Úteis
   LEI: Auxiliar x Técnico
   Localize
   Notícias
   Seguro de Vida
   Sindicato Forte
   Telefones Úteis
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Federação da Saúde pede e Alckmin acata retorno da 3ª faixa do piso estadual

Desde a aprovação dos novos pisos regionais para o Estado de São Paulo, no dia 17 de dezembro, que o presidente da Federação paulista da Saúde, Edison Laércio de Oliveira, mantém contato com deputados e secretários estaduais visando garantir o retorno da terceira faixa salarial. Neste nível estão, dentre outros, os trabalhadores da área da saúde. 

Na tarde desta quinta-feira, dia 19, o próprio governador Geraldo Alckmin falou, por telefone, com o presidente da Federação e do Sinsaúde Campinas e Região sobre o assunto. "Expliquei para ele que esta decisão seria um retrocesso para o Estado e também para os profissionais desta faixa que não foram reenquadrados em outra, além da tendência de rebaixamento salarial para as categorias envolvidas. O governador, então, se comprometeu a enviar um novo projeto para a Assembleia Legislativa garantindo assim o retorno da faixa extinta", explicou.

No mesmo dia foi encaminhado por email, ao presidente da Federação, o projeto de lei a ser apreciado pela Assembleia Legislativa (Alesp) no início do próximo ano, com a reinclusão da terceira faixa salarial. Os trabalhadores deste nível deverão ter seu piso estabelecido em R$ 835,00.
Segundo ele, o governador deverá sancionar o projeto de lei que garante o reajuste do piso regional com aumento de 7,18% no estado de São Paulo com salário mínimo de R$ 810,00 para a 1ª faixa e R$ 820,00 para a 2ª. O reajuste deve começar a valer a partir de 1 de janeiro "Neste ano, pelo menos, a terceira faixa será aprovada separadamente". 

O processo de negociação envolveu o secretário Estadual de Gestão Pública, David Zaia, o deputado Barros Munhoz, ex-presidente da Alesp e também o presidente da União Geral dos Trabalhadores (UGT), Ricardo Patah e o secretário da instituição, Canindé Pegado . "Eles contribuíram muito com as negociações que culminaram com esta decisão do governador. Esta é uma vitória para todos os trabalhadores paulistas", destacou Edison de Oliveira, lembrando que o piso regional do Estado foi criado em 2007.

Conheça o Projeto de Lei que garante retorno da terceira faixa salarial.

 
 
Sindicato da Saúde Jaú e Região
Rua Sebastião Ribeiro, 501 - CEP 17.201-180 - Centro - Jaú / SP
Fone (14) 3622-4131 - E-mail: sindsaudejau@uol.com.br