Jaú   •  
   Página Inicial
   Associe-se
   Atendimentos
   Aniversariantes
   Acordos
   Aviso Prévio
   Recolhimento da Contribuição Sindical
   Convenções Coletivas
   Colônia e Clube
   Código de Ética
   Convênios
   Contribuições Online
   Cursos / Palestras
   Diretoria
   Eventos
   Espião Forceps
   Fale Conosco
   Galeria de Fotos
   História
   Homologação
   Links Úteis
   LEI: Auxiliar x Técnico
   Localize
   Notícias
   Seguro de Vida
   Sindicato Forte
   Telefones Úteis
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Programa Iberoamericano confere certificado de excelência ao Banco de Leite da Santa Casa de Jahu

O Banco de Leite Humano da Santa Casa de Jahu foi reconhecido pelo Ministério da Saúde com o certificado Excelência em Bancos de Leite Humano - categoria Ouro. O banco da Santa Casa existe há mais de 30 anos e atende a bebês prematuros internados na UTI Neonatal do hospital.
O certificado foi concedido pelo Programa Iberoamericano de Bancos de Leite Humano, com patrocínio da Coordenação Geral de Saúde da Criança e Aleitamento Materno do Ministério da Saúde, desenvolvido pela Fundação Oswaldo Cruz.
A certificação do Ministério da Saúde e Fundação Oswaldo Cruz leva em conta a estrutura física, equipamentos, qualificação profissional, produção, entre outros itens. Para receber o certificado de excelência é preciso cumprir os passos de pasteurização do leite e controle de segurança. São concedidos certificados nas categorias Ouro, Prata e Bronze.
Rogéria Priscila da Silva Miguel, técnica de enfermagem do BLH da Santa Casa, ressalta a importância do recebimento desse certificado: “Esse certificado vem reforçar o trabalho sério e de qualidade que é desenvolvido no banco de leite do hospital. Esse reconhecimento nos deu mais notoriedade e credibilidade”, afirmou.
O BLH da Santa Casa foi criado em 14 de novembro de 1984 e funciona de segunda à sexta-feira, das 7h às 13h. Segundo Miriam Zuliani, nutricionista, o banco de leite é responsável pelo processo de coleta, transporte, processamento, análise, controle de qualidade, armazenamento e distribuição.
Atualmente 17 mulheres são doadoras de leite ao BLH da Santa Casa e 8 bebês da UTI estão sendo alimentados.
A Santa Casa está em constante campanha para conseguir mais doadoras. Em agosto do ano passado, quando o hospital encabeçou uma forte campanha durante a Semana Mundial de Aleitamento Materno, o número de doadoras triplicou e, em setembro, o volume de leite coletado chegou a 23 litros.
Desde aquele mês, a quantidade de doadoras de leite humano vem caindo e consequentemente vem diminuindo o volume de leite coletado. Desde o dia 1º de janeiro até hoje, apenas 7,5 litros de leite foram coletados.

Valor nutricional
A Santa Casa ressalta a importância da doação do leite, pois ele possui um alto valor nutricional, garantindo aos bebês crescimento e desenvolvimento físico e intelectual saudáveis. Não existe outro alimento capaz de substitui-lo com tão alta qualidade e de suprir a necessidade imunológica dos recém-nascidos. Outro aspecto muito importante é que a criança alimentada com o leite materno recebe um forte vínculo afetivo com a mãe.
Outro fator positivo é que mulher que alimenta seu bebê com leite materno perde rapidamente o peso que ganhou durante a gravidez e reduz o risco de doenças.
Doação

As interessadas em doar o leite materno devem telefonar para o banco, e uma equipe da Santa Casa realiza a coleta na residência da voluntária e ainda a orienta como retirar, conservar e armazenar o leite materno. Quando o material chega ao hospital é realizada uma análise para detectar se não possui qualquer tipo de contaminação, evitando, assim, transmissão de doenças.
O Banco orienta ainda no processo de amamentação, pois o aleitamento é um fator importante para as mães. Ele ajuda o útero a voltar ao tamanho normal depois do parto. Outras informações pelo telefone 3602-3368.

 
 
Sindicato da Saúde Jaú e Região
Rua Sebastião Ribeiro, 501 - CEP 17.201-180 - Centro - Jaú / SP
Fone (14) 3622-4131 - E-mail: sindsaudejau@uol.com.br