Jaú   •  
   Página Inicial
   Associe-se
   Atendimentos
   Aniversariantes
   Acordos
   Aviso Prévio
   Recolhimento da Contribuição Sindical
   Convenções Coletivas
   Colônia e Clube
   Código de Ética
   Convênios
   Contribuições Online
   Cursos / Palestras
   Diretoria
   Eventos
   Espião Forceps
   Fale Conosco
   Galeria de Fotos
   História
   Homologação
   Links Úteis
   LEI: Auxiliar x Técnico
   Localize
   Notícias
   Seguro de Vida
   Sindicato Forte
   Telefones Úteis
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Sindsaúde de Jaú cobra apoio de ministro da Saúde às demandas da categoria

Edna Alves e Sofia Borges puxam ministro de lado na visita dele a hospital em Jaú e pedem interferência no piso nacional, jornada de 30 horas e na crise entre trabalhadores e o Complexo Famema/Marília

Diretores do Sindsaúde de Jaú aproveitaram a visita do ministro da Saúde, Alexandre Padilha, a Jaú neste dia 12 de outubro para apresentar demandas da categoria da enfermagem. Edna Alves e Sofia Borges chegaram até o ministro para lembrá-lo das demandas que estão praticamente paradas no Congresso, como o projeto para o Piso Nacional da Enfermagem e o projeto da Jornada de 30 horas.

O Sindsaúde lembrou Alexandre Padilha que a presidente Dilma Roussef defendia as 30 horas para a saúde quando estava em campanha à presidência. O Sindsaúde também pediu ao ministro para que corrija a Tabela SUS, demanda esta que também é dos hospitais conveniados. A defesa da tabela é porque os sindicatos da saúde sempre ouvem a mesma “ladainha” dos administradores hospitalares de que não podem dar aumento porque a “Tabela SUS está defasada”.

Edna Alves também pediu a intervenção do ministro para que ajude a solucionar o impasse em Marília, onde trabalhadores da saúde lutam por melhores salários e fizeram greve de 45 dias, aceitaram proposta da Famema, mas ainda não receberam o que foi acertado, podendo retomar a greve que tem apoio da FEderação dos Trabalhadores da Saúde de São Paulo.

Em Jaú, o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, anunciou o repasse de R$ 8,6 milhões para atendimento oncológico no Hospital Amaral Carvalho, em Jaú (SP). O investimento irá subsidiar a compra de aparelhos para centro cirúrgico e de radioterapia. Além disso, o hospital também receberá mais R$ 4 milhões para custeio. Vários deputados estiveram na solenidade, como Newton Lima, Salvador Zimbaldi, Milton Monti, Ricardo Izar Júnior e Alencar Santana. O prefeito de Jaú, Rafael Agostini, também participou do ato.

VEJA AS FOTOS DA GALERIA

VEJA NOTÍCIA DOS COMPANHEIROS DE MARÍLIA

 
 
Sindicato da Saúde Jaú e Região
Rua Sebastião Ribeiro, 501 - CEP 17.201-180 - Centro - Jaú / SP
Fone (14) 3622-4131 - E-mail: sindsaudejau@uol.com.br