Jaú   •  
   Página Inicial
   Associe-se
   Atendimentos
   Aniversariantes
   Acordos
   Aviso Prévio
   Recolhimento da Contribuição Sindical
   Convenções Coletivas
   Colônia e Clube
   Código de Ética
   Convênios
   Contribuições Online
   Cursos / Palestras
   Diretoria
   Eventos
   Espião Forceps
   Fale Conosco
   Galeria de Fotos
   História
   Homologação
   Links Úteis
   LEI: Auxiliar x Técnico
   Localize
   Notícias
   Seguro de Vida
   Sindicato Forte
   Telefones Úteis
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Debate sobre CIPA movimenta profissionais da saúde de Lençóis


Conhecer as normas de segurança e aplicá-las no ambiente de trabalho de forma a tentar evitar acidentes. Esta é uma das atribuições da  Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA). É esse tema que será abordado pelo especialista Pedro Tolentino nesta segunda-feira (18), no Centro de Atendimento do Cidadão (CAT), em Lençóis Paulista.

Tolentino realiza palestra às 14h, na Rua Anita Garibaldi, 821, centro – perto do antigo Colégio Francisco Garrido. A técnica de segurança do trabalho no Hospital Nossa Senhora da Piedade, de Lençóis, Edilaine Pereira, explica que o tema da palestra é “A Importância de termos CIPA constituída em nosso hospital, e apresentação dos membros da CIPA 2013/2014”.

Pedro Toletino é diretor de assuntos parlamentares da Federação dos Trabalhadores da Saúde do Estado de São Paulo, Pedro Tolentino. Sindicalista da área da saúde em Marília, ele é um dos maiores conhecedores de segurança e norma de trabalho. Questões que envolvem a montagem de uma CIPA e como desenvolver essa prevenção são abordadas por ele em palestras.

A presidente do Sindsaúde, Edna Alves, explica que a ida de Pedro Tolentino a Lençóis Paulista foi intermediada pelo sindicato, a pedido da direção do hospital. Ela recepciona o especialista nesta sexta-feira, em Jaú, de onde partem para Lençóis.
O que é a CIPA?

A Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) é um instrumento que os trabalhadores dispõem para tratar da prevenção de acidentes do trabalho, das condições do ambiente do trabalho e de todos os aspectos que afetam sua saúde e segurança. A CIPA é regulamentada pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) nos artigos 162 a 165 e pela Norma Regulamentadora 5 (NR-5), contida na portaria 3.214 de 08.06.78 baixada pelo Ministério do Trabalho.

A constituição de órgãos dessa natureza dentro das empresas foi determinada pela ocorrência significativa e crescente de acidentes e doenças típicas do trabalho em todos os países que se industrializaram. 
A CIPA é composta de representantes do empregador e dos empregados, de acordo com o dimensionamento previsto, ressalvadas as alterações disciplinadas em atos normativos para setores econômicos específicos. 

No Brasil, esta participação, prevista na CLT, se restringe a CIPA, onde os trabalhadores formalmente ocupam metade de sua composição após eleições diretas e anuais.

OBJETIVOS:
O objetivo básico da CIPA é fazer com que empregadores e empregados trabalhem conjuntamente na tarefa de prevenir acidentes e melhorar a qualidade do ambiente de trabalho, de modo a tornar compatível permanentemente o trabalho com a preservação da vida e a promoção da saúde do trabalhador.
A CIPA também tem por atribuição identificar os riscos do processo de trabalho e elaborar o mapa de risco, com a participação do maior número de trabalhadores e com a assessoria do SESMT.

 
 
Sindicato da Saúde Jaú e Região
Rua Sebastião Ribeiro, 501 - CEP 17.201-180 - Centro - Jaú / SP
Fone (14) 3622-4131 - E-mail: sindsaudejau@uol.com.br