Jaú   •  
   Página Inicial
   Associe-se
   Atendimentos
   Aniversariantes
   Acordos
   Aviso Prévio
   Recolhimento da Contribuição Sindical
   Convenções Coletivas
   Colônia e Clube
   Código de Ética
   Convênios
   Contribuições Online
   Cursos / Palestras
   Diretoria
   Eventos
   Espião Forceps
   Fale Conosco
   Galeria de Fotos
   História
   Homologação
   Links Úteis
   LEI: Auxiliar x Técnico
   Localize
   Notícias
   Seguro de Vida
   Sindicato Forte
   Telefones Úteis
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

LUCY MONTORO: Estado garante ambulatório na cidade


fonte: www.comerciodojahu.com.br

Em nova nota divulgada à imprensa, a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência garantiu a manutenção do Ambulatório de Reabilitação Lucy Montoro em Jaú. Ontem à tarde, o prefeito Rafael Agostini (PT) se reuniu em São Paulo com a secretária Linamara Rizzo Battistella para tratar do assunto.

Na semana passada, o Estado manifestou que diante do impasse envolvendo o terreno doado pelo Município o hospital da rede não será construído em Jaú.

Agostini disse que a secretária lhe informou que nunca se comprometeu a construir um hospital na cidade. O que havia sido combinado seria a construção de um novo ambulatório ou melhorias na unidade atual – e que esta intenção continua.

O decreto do governador Geraldo Alckmin (PSDB) que estabelece os hospitais da rede de reabilitação, inclusive, não traz Jaú na relação de municípios contemplados.

Segundo o prefeito, a titular da pasta teria afirmado ainda que o terreno oferecido pelo governo passado, próximo da Vila dos Comerciários, não atendia aos planos iniciais do Palácio dos Bandeirantes – que preferia que a unidade se mantivesse próximo à Santa Casa. Na próxima semana, técnico do Estado vem a Jaú para analisar as condições do ambulatório atual.

Compartilhamento

Caso a Prefeitura mantenha os planos de construir a unidade no terreno de 7 mil metros quadrados doado no ano passado, a gestão do prédio e do atendimento terá de ser compartilhada. “O que será discutido daqui em diante é o melhor caminho para ampliar o serviço, ninguém fechou as portas de nada e Jaú não perdeu o Lucy Montoro.”

Na nota, a secretaria confirma a informação. “Em nenhum momento foi cogitada a possibilidade de cancelar os atendimentos prestados pelo ambulatório em Jaú (...). Representantes da secretaria irão visitar a região para estudar a possibilidade de ampliar o escopo do atendimento prestado”. (JGD - Foto: Comércio do Jahu)

ABAIXO, POSTAGEM DO PREFEITO AGOSTINI NO SEU FACEBOOK, DANDO MAIS DETALHES:

Rafael Agostini II Estou com a ata da reunião, onde pode ser verificado que a Secretária disse ainda que jamais autorizou o ex-prefeito Osvaldo a anunciar que seria construído um hospital na cidade, pois o decreto do governador Alckmin que regulamenta a rede de previa hospitais apenas na Capital, em Rio Preto e Ribeirão. O que foi autorizado era a construção de um ambulatório maior, com mais integração, desde que o Município se comprometesse a CUSTEAR metade dos atendimentos totais de toda a região, o que me parece um absurdo, pois não há a menor possibilidade orçamentária para isso. A semana que vem vamos receber técnicos da Fupam para avaliarmos qual o caminho mais adequado e sustentável para expandir o serviço: se é um novo ambulatório, se é regionalizar aqui ou se é investir mais no aperfeiçoamento dos serviços que já são prestados.

 
 
Sindicato da Saúde Jaú e Região
Rua Sebastião Ribeiro, 501 - CEP 17.201-180 - Centro - Jaú / SP
Fone (14) 3622-4131 - E-mail: sindsaudejau@uol.com.br