Jaú   •  
   Página Inicial
   Associe-se
   Atendimentos
   Aniversariantes
   Acordos
   Aviso Prévio
   Recolhimento da Contribuição Sindical
   Convenções Coletivas
   Colônia e Clube
   Código de Ética
   Convênios
   Contribuições Online
   Cursos / Palestras
   Diretoria
   Eventos
   Espião Forceps
   Fale Conosco
   Galeria de Fotos
   História
   Homologação
   Links Úteis
   LEI: Auxiliar x Técnico
   Localize
   Notícias
   Seguro de Vida
   Sindicato Forte
   Telefones Úteis
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Federação Paulista da Saúde realiza ato público pela aprovação das 30 horas


A Federação dos Trabalhadores da Saúde do Estado de São Paulo realiza um ato público na Assembleia Legislativa de São Paulo no dia 25 de abril. A mobilização em prol da jornada de 30 horas para a enfermagem vai acontecer no Plenário Franco Montoro, das 14 às 17 horas.

O ato é mais uma ação para a retomada neste ano da luta pela aprovação do projeto que prevê a criação da jornada de 30 horas para os profissionais de enfermagem e que tramita há 13 anos no Congresso Nacional. A Federação tem se empenhado nessa batalha porque entende que a redução da jornada vai resultar na melhoria do atendimento à população e também em qualidade de vida e trabalho para os profissionais do setor. “Não vamos desistir até que o PL seja aprovado. É preciso lembrar que a presidente Dilma Rousseff assumiu, na campanha presidencial de 2010, o compromisso de apoiar o projeto das 30 horas e as medidas de implementação para que isso se torne realidade. Esperamos que a presidenta cumpra o prometido”, cobra o presidente da Federação paulista da Saúde, Edison Laércio de Oliveira.

Oliveira enfatiza que a entidade defende que a jornada de 30 horas também seja um direito de todos os profissionais da categoria. “Devemos focar nossos esforços na aprovação deste projeto de lei, pois sabemos o quanto é grande o desgaste físico e psicológico para quem atua no setor da saúde. Por isso é muito justo que a redução da jornada atinja a todos”.

A mobilização deverá contar com a participação dos deputados estaduais, das centrais sindicais UGT, Nova Central e CTB, além de 13 sindicatos filiados à Federação: Sindicato da Saúde de Araçatuba, Sindicato da Saúde de Bauru, Sindicato da Saúde de Campinas, Sindicato da Saúde de Franca, Sindicato da Saúde de Jau, Sindicato da Saúde de Piracicaba, Sindicato da Saúde de Presidente Prudente, Sindicato da Saúde de Ribeirão Preto, Sindicato da Saúde de Rio Claro, Sindicato da Saúde de Santos, Sindicato da Saúde de São José do Rio Preto, Sindicato da Saúde de Sorocaba e Sindicato da Saúde de São José dos Campos.

“Há muito tempo a base da Federação trabalha para que isso aconteça, inclusive, em meados da década de 80, conseguimos diminuir a jornada de trabalho de 40 para 36 horas semanais. Isso em uma época onde garantir estas conquistas era muito mais difícil. Nossa mobilização até serviu de modelo não apenas para o Brasil, como também para países da América Latina. Por toda nossa história de luta e com a mobilização de todos, com certeza conquistaremos as 30 horas semanais”, destacou Oliveira. De acordo com ele, a expectativa é que o ato resulte no apoio dos deputados às lutas dos trabalhadores.

PL 30 horas

O Projeto de Lei nº 2295/2000 é o mais antigo da área da saúde que espera aprovação. Ele cria a jornada de 30 horas para os profissionais de enfermagem, sem a redução dos salários. Aprovado pelas comissões de Seguridade e Família, Finanças e Tributação e Constituição de Justiça e Cidadania, aguarda a votação em plenário na ordem do dia, que já foi solicitada e protocolada por diversos deputados, porém, adiada por diversas vezes, inclusive em junho de 2012.

 
 
Sindicato da Saúde Jaú e Região
Rua Sebastião Ribeiro, 501 - CEP 17.201-180 - Centro - Jaú / SP
Fone (14) 3622-4131 - E-mail: sindsaudejau@uol.com.br