Jaú   •  
   Página Inicial
   Associe-se
   Atendimentos
   Aniversariantes
   Acordos
   Aviso Prévio
   Recolhimento da Contribuição Sindical
   Convenções Coletivas
   Colônia e Clube
   Código de Ética
   Convênios
   Contribuições Online
   Cursos / Palestras
   Diretoria
   Eventos
   Espião Forceps
   Fale Conosco
   Galeria de Fotos
   História
   Homologação
   Links Úteis
   LEI: Auxiliar x Técnico
   Localize
   Notícias
   Seguro de Vida
   Sindicato Forte
   Telefones Úteis
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Vacinação de meninas contra vírus HPV começa em 10 de março


A Prefeitura de Jahu, por meio da Secretaria de Saúde, vai começar a oferecer a vacina contra o papiloma vírus humana (HPV) a partir de 10 de março para meninas de 09 a 11 anos nas escolas municipais, estaduais e particulares do Município.

Segundo a enfermeira responsável pelo setor de imunização da Vigilância Epidemiológica, Ingrid Matos de Lima Moreira, o tipo de vacina é o mesmo aplicado no ano passado, mudando somente o número do lote e a validade. “A vacina que será aplicada protege contra os quatro tipos mais recorrentes de HPV, sendo que dois deles são associados à ocorrência das verrugas genitais e os outros dois aos casos de câncer de colo do útero. Pedimos a colaboração dos pais ou responsáveis por essas adolescentes para essa campanha, visto a importância da vacinação na prevenção contra o câncer de colo do útero”.

De acordo com Ingrid, para garantir proteção completa, a imunização ocorrerá de forma estendida, em três doses. A segunda aplicação deverá ser feita após 6 meses depois da aplicação da primeira dose e a terceira, 5 anos depois. “Já enviamos às escolas, à Secretaria Municipal de Educação e Diretoria Regional de Ensino de Jaú uma carta esclarecendo sobre a doença, sobre a vacina e sua importância. Também enviamos uma autorização ou termo de recusa para que os pais ou responsáveis autorizem ou não as meninas a tomarem a dose da vacina. Para que as meninas recebam a vacina nas escolas, elas devem levar a carteira de vacinação, o RG ou RA, o nome completo do responsável pelo aluno e o termo de autorização ou recusa devidamente preenchido”.

Ainda conforme Ingrid, a vacina é altamente segura, importada, e não há contra indicação em sua aplicação.  “Pode acontecer o que chamamos de reação de ansiedade pós-vacinação, que é uma reação passageira”, reforça.

Segundo o Ministério da Saúde, o HPV é capaz de infectar a pele ou as mucosas e possui mais de 100 tipos. Do total, pelo menos 13 têm potencial para causar câncer. Estimativa da Organização Mundial da Saúde aponta que 291 milhões de mulheres no mundo são portadoras da doença. No Brasil, a cada ano, 685 mil pessoas são infectadas por algum tipo do vírus.

Em relação ao câncer de colo do útero, estimativas indicam que 270 mil mulheres, no mundo, morrem devido à doença. No Brasil, 5.160 mulheres morreram, em 2011, em decorrência deste tipo de câncer.

O Ministério da Saúde orienta que mulheres na faixa etária dos 25 aos 64 anos façam o exame preventivo, o Papanicolau, anualmente. Em 2012, foram realizados 11 milhões de exames no SUS, o que representou investimento de R$ 72,6 milhões. Do total, 78% foram na faixa etária prioritária. No ano passado, o investimento no atendimento e expansão dos serviços para tratamento de câncer na rede pública de saúde foi de R$ 2,4 bilhões, 26% maior que em 2010.

 
 
Sindicato da Saúde Jaú e Região
Rua Sebastião Ribeiro, 501 - CEP 17.201-180 - Centro - Jaú / SP
Fone (14) 3622-4131 - E-mail: sindsaudejau@uol.com.br