Jaú   •  
   Página Inicial
   Associe-se
   Atendimentos
   Aniversariantes
   Acordos
   Aviso Prévio
   Recolhimento da Contribuição Sindical
   Convenções Coletivas
   Colônia e Clube
   Código de Ética
   Convênios
   Contribuições Online
   Cursos / Palestras
   Diretoria
   Eventos
   Espião Forceps
   Fale Conosco
   Galeria de Fotos
   História
   Homologação
   Links Úteis
   LEI: Auxiliar x Técnico
   Localize
   Notícias
   Seguro de Vida
   Sindicato Forte
   Telefones Úteis
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Presidente da Câmara dos Deputados se compromete a lutar pela aprovação das 30 horas para enfermagem

Presidente do Sindsaúde de Jaú, Edna Alves, fez parte da comitiva que foi a Brasília

Na última quarta-feira (19), uma delegação de representantes da Federação dos Trabalhadores da Saúde do Estado de São Paulo esteve em Brasília com o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves e com o deputado federal, Dr. Marco Aurélio Ubiali para discutir sobre os projetos da jornada de 30 horas para a Enfermagem e do Piso Nacional da Enfermagem.

Na ocasião, o grupo formado pelo presidente da entidade, Edison Laércio de Oliveira, e demais representantes como Leide Mengatti, Luiz Carlos Vergara Pereira, Edna Alves (de Jaú), Milton Carlos Sanches, João do Nascimento Carvalho, Carlos José Gonçalves e Aristides Agrelli Filho receberam uma resposta positiva do presidente, que se comprometeu a lutar pela aprovação do projeto sem medir esforços para que isso ocorra o mais rápido possível.

Isto após a delegação entregar ao chefe do legislativo federal um documento solicitando a votação imediata do PL das 30 horas, que está há 14 anos em discussão no Congresso Nacional e já passou por todas as Comissões Parlamentares.
“O encontro com o presidente da Câmara foi muito importante para reforçar a atual condição de trabalho da categoria, que precisa fazer dupla ou tripla jornada para manter o sustento de suas casas, sendo urgente a aprovação do PL”, frisa o dirigente da Federação da Saúde, Luiz Carlos Vergara Pereira.

O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, também informou que todas as lideranças políticas haviam assinado um regime de urgência para que o PL entre na pauta de votação, entretanto o líder político do Partido dos Trabalhadores (PT), o deputado Vicentinho e o líder do governo Arlindo Chinaglia voltaram atrás e retiraram a assinatura do documento.
Com relação a isto, o deputado federal Dr. Marco Aurélio Ubiali, assumiu o compromisso de falar com as lideranças do PT para manter o projeto em pauta.

“Com o comprometimento do deputado Ubiali em conseguir um acordo entre os líderes sindicais e com o presidente da Câmara a favor da nossa causa, podemos esperar mudanças positivas em breve”, afirma o presidente da Federação da Saúde, Edison Laércio de Oliveira.

Campanha
A Federação dos Trabalhadores da Saúde do Estado de São Paulo, com base no atual cenário político, prepara uma campanha de conscientização para alertar a categoria da saúde e seus familiares a não votar nos deputados da base do governo, principalmente na presidente Dilma Rousseff e no ministro da saúde, Alexandre Padilha.

“A forma como eles têm atuado não favorece a nossa categoria, o que justifica esta campanha”, frisa Edison Laércio de Oliveira.

 
 
Sindicato da Saúde Jaú e Região
Rua Sebastião Ribeiro, 501 - CEP 17.201-180 - Centro - Jaú / SP
Fone (14) 3622-4131 - E-mail: sindsaudejau@uol.com.br