Jaú   •  
   Página Inicial
   Associe-se
   Atendimentos
   Aniversariantes
   Acordos
   Aviso Prévio
   Recolhimento da Contribuição Sindical
   Convenções Coletivas
   Colônia e Clube
   Código de Ética
   Convênios
   Contribuições Online
   Cursos / Palestras
   Diretoria
   Eventos
   Espião Forceps
   Fale Conosco
   Galeria de Fotos
   História
   Homologação
   Links Úteis
   LEI: Auxiliar x Técnico
   Localize
   Notícias
   Seguro de Vida
   Sindicato Forte
   Telefones Úteis
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Obra de hospital com 112 leitos está parada há quase vinte anos em Bariri

A equipe de reportagem da TV Tem, de Bauru, teve acesso ao Hospital São José, chamado de “Elefante Verde”, hospital que está com obras paralisadas há cerca de 20 anos em Bariri. A reportagem foi ao ar dias atrás e mostra que o governo federal  “esqueceu” a obra há mais de duas décadas. O hospital está quase pronto, mas faltam detalhes da construção e dinheiro para equipar.

A diretora da Santa Casa de Bariri, Denise Sgavioli, fala sobre a obra paralisada ao repórter Giuliano Tamura e estima em R$ 10 milhões já investidos na obra - outros R$ 3 milhões seriam necessários para concluir.

Uma nova unidade de internação seria construída para abrigar pacientes do prédio centenário onde funciona a Santa Casa. O provedor Lucilo Felipe fala sobre a obra inacabada. Uma nova frente está sendo formada para buscar recursos para concluir a obra. A prefeita está à frente do movimento.

VEJA A REPORTAGEM

http://g1.globo.com/sp/bauru-marilia/tem-noticias-2edicao/videos/t/edicoes/v/obra-de-hospital-com-112-leitos-esta-parada-ha-quase-vinte-anos-em-bariri/2941376/


LEIA TEXTO DO PORTAL G1

O prédio do Hospital São José começou a ser construído há três décadas em Bariri (SP), mas poucos anos depois a obra parou sem uma explicação do Ministério da Saúde. De 1980 a 1994, o governo federal liberou verba para construção do hospital, mas há 19 anos mais nenhum centavo foi investido. A obra fica em uma área da irmandade que administra a Santa Casa.

A ideia na época era melhorar a infraestrutura com a nova unidade de internação. A proposta inicial seria transferir os pacientes do prédio antigo, que data no início do século passado. O provedor da Santa Casa conta que ninguém do governo federal deu explicações sobre o porquê de não concluir a obra. “Nunca mais soubemos nada e precisa dar um jeito na situação porque nós já somos uma população de 35 mil pessoas e merecemos uma explicação sobre esse projeto”, destaca Lucilo Felipe.

O Hospital São José foi projetado para abrigar 112 leitos. Nos quartos, parte da fiação foi instalada. Em alguns banheiros há revestimento nas paredes e as ligações das tubulações de oxigênio, aparentemente, foram concluídas. A gestora da Santa Casa, Denise Sgavioli, estima que o governo federal investiu R$ 10 milhões na obra.

No entanto, agora, seriam necessários pelo menos mais R$ 3 milhões para o término. Denise diz que não há nenhum empecilho jurídico para que a obra fosse paralisada. “Temos a escritura, prestação de contas de tudo que foi feito e o que esperamos agora que alguém possa assumir esse local e o transforme realmente em hospital para atender a demanda de atendimento”, afirma.

A prefeita de Bariri, que assumiu o cargo há cinco meses, conta que ainda neste mês deve ir à Brasília pedir ao Ministério da Saúde recursos para a conclusão e o aparelhamento do hospital. Del Marino acredita que ele poderia atender, além dos pacientes da cidade, pessoas de toda região. "Se tivermos aqui um hospital com referencia federal vamos aliviar a demanda do Hospital Estadual, a Santa Casa de Jaú, ter a possibilidade de equacionar a saúde de toda a região", ressalta.

O Ministério da Saúde não soube informar quanto foi repasse para as obras do hospital e nem quando isso foi feito. Os dois únicos registros referentes aos repasses para a irmandade que administra a Santa Casa de Bariri estão no Portal Transparência e passam do R$ 1 milhão.

 
 
Sindicato da Saúde Jaú e Região
Rua Sebastião Ribeiro, 501 - CEP 17.201-180 - Centro - Jaú / SP
Fone (14) 3622-4131 - E-mail: sindsaudejau@uol.com.br