Jaú   •  
   Página Inicial
   Associe-se
   Atendimentos
   Aniversariantes
   Acordos
   Aviso Prévio
   Recolhimento da Contribuição Sindical
   Convenções Coletivas
   Colônia e Clube
   Código de Ética
   Convênios
   Contribuições Online
   Cursos / Palestras
   Diretoria
   Eventos
   Espião Forceps
   Fale Conosco
   Galeria de Fotos
   História
   Homologação
   Links Úteis
   LEI: Auxiliar x Técnico
   Localize
   Notícias
   Seguro de Vida
   Sindicato Forte
   Telefones Úteis
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Só podia ser lá em Igaraçu

A diretoria do Sindsaúde de Jaú recebeu denúncia sobre arbitrariedade ocorrida no Hospital São Camilo, de Igaraçu do Tietê.
Por meio de foto, enviada por celular, companheiro mostra cartaz colado no hospital com "normas" para o funcionário pegar o plantão.
No cartaz o funcionário é avisado que se não tiver materiais básicos não pode trabalhar.
O Hospital e Maternidade São Camilo exige que o funcionário tenha material de bolso. Mas é obrigação do hospital fornecer o material.
Como pode exigir isso se o hospital não paga sequer o salário em dia. Também não entrega a cesta básica para os funcionários. Para resolver o problemas das cestas atrasadas, o hospital teria oferecido R$ 50,00 por cesta e fez o funcionário assinar como se tivesse recebido em espécie - na verdade, cada cesta equivale a R$ 200,00 se for entregue em produtos.
O Sindsaúde está de olho nesse hospital. E tem solicitado providências frequentes junto à fiscalização do Ministério do Trabalho.

Abaixo, o que informa o cartaz:

À ENFERMAGEM

O funcionário que não tiver os materiais abaixo para trabalhar não pegará o plantão:
- Carimbo
- Garrote
- Tesoura
- Termômetro

A direção

 
 
Sindicato da Saúde Jaú e Região
Rua Sebastião Ribeiro, 501 - CEP 17.201-180 - Centro - Jaú / SP
Fone (14) 3622-4131 - E-mail: sindsaudejau@uol.com.br