Jaú   •  
   Página Inicial
   Associe-se
   Atendimentos
   Aniversariantes
   Acordos Coletivos
   Aviso Prévio
   Recolhimento da Contribuição Sindical
   Convenções Coletivas
   Colônia e Clube
   Código de Ética
   Convênios
   Contribuições Online
   Cursos / Palestras
   Diretoria
   Eventos
   Espião Forceps
   Fale Conosco
   Galeria de Fotos
   História
   Homologação
   Links Úteis
   LEI: Auxiliar x Técnico
   Localize
   Notícias
   Seguro de Vida
   Sindicato Forte
   Sisnaturcard
   Telefones Úteis
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Santa Casa de Jaú pede para população evitar "corrida" ao Pronto Socorro


17/02/2016

Entidade divulga nota recomendando que busca pelo Pronto Socorro só deve ocorrer em casos de urgência e emergência

Nos últimos meses o Pronto Socorro da Santa Casa de Jahu vem registrando grande número de atendimentos de pacientes de outras cidades da região, que necessariamente não são de urgência ou emergência, ou seja, está havendo uma procura espontânea da população da região pelos serviços do Pronto Socorro. Isso está ocasionando dias de lotação e não há leitos disponíveis. Outro problema verificado é a alta demanda por pedidos de exames clínicos de laboratório e de raio x, em que os resultados demoram a sair, fazendo com que o paciente permaneça um tempo maior dentro do hospital. Só no Pronto Socorro da Santa Casa são feitos pelo menos 8 mil exames laboratoriais e 5 mil raios-X mensalmente. Em média, 400 pacientes passam por atendimento diariamente neste que é o setor de maior movimentação do hospital.

Para o Diretor Técnico da Santa Casa e plantonista do PS, Dr. João Carlos Miranda de Almeida Prado, alguns fatores podem explicar a alta demanda de atendimento na Santa Casa. A questão da confiabilidade nos serviços prestados é o principal deles. “Nosso hospital cresceu e se desenvolveu. Nossa estrutura dá condições de um bom atendimento, que nem sempre as cidades vizinhas podem proporcionar. Então, todos acabam vindo aqui sem passar por hospitais ou postos de saúde das cidades de origem”, afirma o Dr. João Carlos.

A Santa Casa solicita ajuda das Prefeituras da microrregião para que reestruturem suas respectivas áreas de saúde, com oferecimento do atendimento básico, como também pede para os prefeitos apoio político quanto as reivindicações da Santa Casa junto aos governos estadual e federal. Segundo a Diretoria da Santa Casa, dois projetos, sendo um de ampliação de suas dependências e outro de um novo centro cirúrgico aguardam autorização de liberação de verba. “Vamos inaugurar nosso setor de neurologia, o último em que vamos aumentar nossa capacidade de leitos. Após, não temos mais onde crescer. Precisamos de um novo andar com mais leitos. Esse é um papel que é muito mais que só para a Santa Casa resolver, é para a sociedade toda e governantes das Prefeituras da região”, explicou Dr. João Carlos.

Para o médico pediatra da Santa Casa e Secretário de Saúde da Prefeitura de Jaú, Dr. Paulo Mattar, hoje em dia as pessoas estão menos intolerantes quantos aos sintomas. “Qualquer dor de barriga ou de cabeça, as pessoas estão vindo procurar o Pronto Socorro. Qualquer pequeno problema com as crianças, as mães correm pra cá, antigamente não era assim”, relata.

A Santa Casa mantém portas abertas de seu PS 24 horas por dia e luta para manter o bom desempenho de seus profissionais no atendimento humanizado a todos que procuram o serviço. Como a prioridade é para os atendimentos de urgência e emergência, a população de Jaú e região deve se conscientizar, procurando, primeiramente, os serviços de Postos de Saúde, antes de virem ao PS da Santa Casa, desafogando assim a demanda, ficando como preferenciais os casos de urgência e emergência.

Assessoria de Comunicação – Santa Casa de Jahu

 
 
Sindicato da Saúde Jaú e Região
Rua Sebastião Ribeiro, 501 - CEP 17.201-180 - Centro - Jaú / SP
Fone (14) 3622-4131 - E-mail: sindsaudejau@uol.com.br