Jaú   •  
   Página Inicial
   Associe-se
   Atendimentos
   Aniversariantes
   Acordos
   Aviso Prévio
   Cálculo Aposentadoria
   Convenções Coletivas
   Colônia, Clube e Rancho
   Código de Ética
   Convênios
   Contribuições Online
   Cursos / Palestras
   Diretoria
   Eventos
   Espião Forceps
   Fale Conosco
   Galeria de Fotos
   História
   Homologação
   Links Úteis
   LEI: Auxiliar x Técnico
   Localize
   Notícias
   Seguro de Vida
   Telefones Úteis
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

SANTA CASA DE JAÚ INFORMA: MAIS DE 20 CASOS SUSPEITOS DE H1N1 EM JAÚ


  

Em entrevista coletiva na tarde desta terça-feira (05/04) os médicos Dr. João Carlos Miranda de Almeida Prado, coordenador do Pronto-socorro infantil da Santa Casa e o Dr. João Gabriel Soares de Campos Silva, infectologista da irmandade falaram sobre os casos de gripe H1N1 identificados no hospital. Ao todo são 27 casos suspeitos, 5 já identificados como negativos, 2 positivos sendo 18 de pacientes de Jaú e outros 9 de fora. Funcionários de vários setores do hospital receberam máscaras a fim de se proteger contra o vírus. Na opinião dos profissionais é preciso um cuidado maior da população para evitar que o vírus se espalhe. Foi entregue aos repórteres presentes, orientações da CCIH para evitar a disseminação do vírus influenza. (Fonte: Beto Cassolo)

 

Abaixo, a nota emitida pela assessoria da Santa Casa de Jaú

 

Médicos da Santa Casa falam sobre casos de H1N1

Médicos do Corpo Clínico da Santa Casa de Jahu concederam entrevista coletiva na tarde desta terça-feira para falar sobre casos de H1N1 em Jaú e região atendidos pelo hospital. Até o momento foram 27 casos notificados, sendo 18 de Jahu e outros 9 de municípios da região atendida pela Santa Casa. O médico infectologista da Santa Casa, Dr. João Gabriel Soares de Campos e Silva informou que apenas dois casos positivos foram registrados até o momento, com um óbito e uma alta hospitalar. Outros 5 casos suspeitos da doença deram negativo, sendo o restante ainda aguardando resultado do Instituto Adolfo Lutz de São Paulo.

Medidas preventivas foram adotadas pela direção do hospital que estão sendo praticadas pelos colaboradores, principalmente para os que frequentem lugares de grande circulação de pessoas no hospital, como uso de máscaras cirúrgicas e procedimento de higienização com lavagem das mãos e uso de álcool em gel antes e depois de qualquer tipo de procedimento. Pacientes que apresentam quadros de Síndrome Respiratória Aguda também estão usando máscaras como medida preventiva.

“Importante dizer que, em primeiro lugar, a gripe começou um pouco mais cedo e é isso que está causando um pouco de temor. Todos estão sujeitos a contrair o resfriado comum, aquilo de ter o nariz escorrendo, garganta doendo, pequena febre e dores no corpo. O que difere para o quadro de H1N1 é que a pessoa fica realmente de cama, dor muscular muito intensa, as vezes náusea, ânsia de vômito, muita tosse e febre um pouco mais alta, com um início súbito”, afirmou o médico infectologista.

O Diretor Técnico do Hospital e coordenador do Pronto-socorro Adulto e do Infantil da Santa Casa, Dr. João Carlos Miranda de Almeida Prado fez um pedido para a população de Jaú e toda a região para não frequentar o Pronto-socorro sem necessidade. Casos simples podem ser resolvidos nas Unidades de Saúde de Jaú e demais municípios. “Realmente nos preocupa esta situação, devemos nos conscientizar que neste momento devemos evitar lugares com grandes aglomerações e somente em casos de grande necessidade procurar os serviços do Pronto-socorro”, disse o Dr. João Carlos.

Para as pessoas que não estão frequentando o ambiente hospitalar orientações gerais foram passadas pelos médicos. Para quem estiver com um quadro simples de gripe, permanecer em repouso em casa, não ir trabalhar, pois “quem trabalha com gripe dissemina a gripe”, afirmou Dr. João Gabriel; adoção de medidas higiênicas a todo momento como lavar as mãos, usar o álcool em gel, ao tossir usar um pano ou a própria mão na boca para inibir a disseminação do vírus, manter locais arejados e sempre procurar a orientação de um profissional médico antes de tomar qualquer tipo de medicação.

 
 
SindSaúde
Rua Sebastião Ribeiro, 501 - CEP 17.201-180 - Centro - Jaú / SP
Fone (14) 3622-4131 - E-mail: sindsaudejau@uol.com.br