Jaú   •  
   Página Inicial
   Associe-se
   Atendimentos
   Aniversariantes
   Acordos
   Aviso Prévio
   Cálculo Aposentadoria
   Convenções Coletivas
   Colônia, Clube e Rancho
   Código de Ética
   Convênios
   Contribuições Online
   Cursos / Palestras
   Diretoria
   Eventos
   Espião Forceps
   Fale Conosco
   Galeria de Fotos
   História
   Homologação
   Links Úteis
   LEI: Auxiliar x Técnico
   Localize
   Notícias
   Seguro de Vida
   Telefones Úteis
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

MINISTÉRIO DO TRABALHO LANÇA FERRAMENTA PARA ACOMPANHAR O EMPREGO FORMAL NO PAÍS


 
Pensando em ter uma ferramenta de acompanhamento do emprego formal no país, o Ministério do Trabalho lançou o Painel de Monitoramento do Mercado de Trabalho (http://mercadodetrabalho.mte.gov.br/). Por meio deste portal o usuário terá acesso ao cenário do emprego formal em estado ou cidade brasileira. As informações oferecidas vão desde criação e fechamento de vagas, como a oscilação de rendimento das ocupaçãoes.
 
O objetivo da ferramenta é disponibilizar de forma simples e acessível para que qualquer pessoa possa utilizar, como explica o analista de políticas sociais do Ministério do Trabalho, Vinicius Lobo: “Um trabalhador que pretende migrar para outra cidade pode usar esse site para saber como está o mercado de trabalho nessa nova cidade, por exemplo. Ele vai poder saber coisas como: quais as profissões em alta, qual o salário médio dos profissionais e se as vagas da ocupação que ele busca estão abrindo ou fechando”.
 
Outro ponto é que o Painel de Monitoramento possibilitará ser usado como base para planejamentos e gestão de políticas públicas. “O gestor público pode acessar essas informações para saber como está se comportando o emprego na sua cidade ou no seu estado e utilizá-las para planejar ou ajustar os rumos da execução dos serviços. Os técnicos do Sistema Nacional de Emprego (Sine) usam muito. E prefeitos e governadores podem fazer o mesmo”, avalia o secretário de Políticas Públicas de Emprego do Ministério do Trabalho, Leonardo Arantes.
 
As fontes utilizadas constam no painel são: a Relação Anual de Informações Sociais (Rais), o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e o Sistema de Registro de Empresas de Trabalho temporário (Sirett).
 
Assita ao vídeo explicativo do portal: https://youtu.be/AdlnkipLx9o
 
Fonte: Redação Mundo Sindical - Manoel Paulo / com informações do Ministério do Trabalho e Emprego
 
 
SindSaúde
Rua Sebastião Ribeiro, 501 - CEP 17.201-180 - Centro - Jaú / SP
Fone (14) 3622-4131 - E-mail: sindsaudejau@uol.com.br