Jaú   •  
   Página Inicial
   Associe-se
   Atendimentos
   Aniversariantes
   Acordos
   Aviso Prévio
   Cálculo Aposentadoria
   Convenções Coletivas
   Colônia, Clube e Rancho
   Código de Ética
   Convênios
   Contribuições Online
   Cursos / Palestras
   Diretoria
   Eventos
   Espião Forceps
   Fale Conosco
   Galeria de Fotos
   História
   Homologação
   Links Úteis
   LEI: Auxiliar x Técnico
   Localize
   Notícias
   Seguro de Vida
   Telefones Úteis
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Sindsaúde enfrenta atraso de pagamento em massa nos hospitais da região


Descumprimento da lei ocorre em Barra Bonita, Pederneiras, Macatuba e Bariri

Trabalhadores de diversos hospitais da região de Jaú estão sem receber o salário de dezembro. Muitos ainda nem receberam parte ou a totalidade do Abono Salarial (décimo-terceiro). Casas de repouso para idosos de Jaú e região também atrasam pagamentos.

A denúncia está sendo feita pela diretoria do Sindsaúde de Jaú e Região, que tenta negociar com os dirigentes hospitalares ao mesmo tempo em que formaliza os órgãos de fiscalização o descumprimento das leis trabalhistas.

A presidente do Sindsaúde de Jaú, Edna Alves, informa que o problema ocorre em ao menos quatros hospitais/Santa Casas. Em três cidades os funcionários da saúde não receberam seu pagamento de dezembro e ainda têm a receber parte do décimo-terceiro.

Atrasaram o pagamento aos trabalhadores, segundo o Sindsaúde, o Hospital São José de Barra Bonita, a Santa Casa de Macatuba e a Santa Casa de Pederneiras. Também há atraso no pagamento do décimo-terceiro no hospital Santa Casa de Bariri.

Edna diz que em Macatuba além de não pagar salário em dia, a Santa Casa descumpre cláusulas da Convenção Coletiva e ainda não tem trabalhadores suficientes para atender aos pacientes. Isso causa sobrecarga aos funcionários da saúde

"O Sindsaúde está tomando as providências, formalizando a denúncia e tentando negociar com os administradores dos hospitais e com os prefeitos", diz Edna Alves, que lamenta ter sido frequente o atraso no pagamento na região.

Em 2016 foram vários hospitais que não pagaram em dia. Agora, 2017 começa com novos abusos contra os trabalhadores da saúde. Inclusive em várias casas de repouso, segundo Edna Alves. "A maioria não paga em dia", lamenta, ressaltando que os funcionários são os mais prejudicados, como também a população atendida na rede hospitalar.

 

 
 
SindSaúde
Rua Sebastião Ribeiro, 501 - CEP 17.201-180 - Centro - Jaú / SP
Fone (14) 3622-4131 - E-mail: sindsaudejau@uol.com.br