Jaú   •  
   Página Inicial
   Associe-se
   Atendimentos
   Aniversariantes
   Acordos
   Aviso Prévio
   Recolhimento da Contribuição Sindical
   Convenções Coletivas
   Colônia e Clube
   Código de Ética
   Convênios
   Contribuições Online
   Cursos / Palestras
   Diretoria
   Eventos
   Espião Forceps
   Fale Conosco
   Galeria de Fotos
   História
   Homologação
   Links Úteis
   LEI: Auxiliar x Técnico
   Localize
   Notícias
   Seguro de Vida
   Sindicato Forte
   Telefones Úteis
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

2º Workshop de Organização Sindical tem início nesta terça-feira


 

Às 8h30 desta terça-feira, 21, deu início aos trabalhos do 2º Workshop de Organização Sindical, na Colônia de Férias Firmo de Souza Godinho, em Praia Grande.

O evento, promovido pela Federação dos Trabalhadores da Saúde do Estado de São Paulo, tem o objetivo de reunir as lideranças sindicais da área da saúde para debater sobre as reformas trabalhista e previdenciária.

Além dos dirigentes sindicais dos 13 sindicatos filiados à Federação Paulista da Saúde, especialistas nas áreas de previdência, trabalho e economia estão fazendo seus comentários quanto às reformas que prejudicam os trabalhadores.

O presidente da Federação, Edison Laércio de Oliveira, abriu os trabalhos lembrando que este workshop é muito importante para debater assuntos de interesse para o trabalhador. “É fundamental haver encontros como esse, pois isto possibilita não só discutirmos as reformas que tanto podem prejudicar os trabalhadores, mas também encontrar soluções contra esses graves ataques aos direitos trabalhistas”.

Na sequência, José Rogério Gomes Cardoso, da Federação dos Empregados em Turismo e Hospitalidade do Estado de São Paulo (Fethesp), representando a UGT, também contra estas reformas, destaca que, além de retirar direitos dos trabalhadores, querem que eles trabalhem ininterruptamente por 49 anos para poder se aposentar. “Querem igualar o tempo de aposentadoria para homens e mulheres, o que é um absurdo; o Brasil ainda é um país machista. Precisamos lembrar que a mulher tem dupla jornada, além de trabalhar fora, ainda tem os afazeres domésticos. Não podemos igualar o tempo de contribuição”, diz.

Eduardo Belarmino Cunha Azevedo, auditor fiscal do Ministério do Trabalho, falou sobre o e-Social, para mostrar a importância de se debater as reformas e defender a classe trabalhadora.

Para a tarde do dia 21, estão agendadas ainda a palestra de Helen Silvestre Fernandes, do Instituto de Altos Estudos da UGT, e o debate sobre o projeto de reforma da previdência e gerar propostas alternativas.

 

Clique aqui e confira as fotos do evento.

 
 
SindSaúde
Rua Sebastião Ribeiro, 501 - CEP 17.201-180 - Centro - Jaú / SP
Fone (14) 3622-4131 - E-mail: sindsaudejau@uol.com.br