Jaú   •  
   Página Inicial
   Associe-se
   Atendimentos
   Aniversariantes
   Acordos
   Aviso Prévio
   Cálculo Aposentadoria
   Convenções Coletivas
   Colônia, Clube e Rancho
   Código de Ética
   Convênios
   Contribuições Online
   Cursos / Palestras
   Diretoria
   Eventos
   Espião Forceps
   Fale Conosco
   Galeria de Fotos
   História
   Homologação
   Links Úteis
   LEI: Auxiliar x Técnico
   Localize
   Notícias
   Seguro de Vida
   Telefones Úteis
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Campanha contra gripe ganha novos grupos


Iniciativa tem 68,4% de cobertura; doses estão disponíveis até 9 de junho
 
fonte: comercio do jahu
 
Oito novos grupos fazem parte do público-alvo da campanha de vacinação contra a gripe. Desde quarta-feira, podem receber a proteção policiais federais e guardas municipais, doadores de sangue e de medula, trabalhadores dos Tribunais de Justiça e Fóruns, profissionais que trabalham com moradores de rua, cuidadores de idoso, auxiliares de classe e demais funcionários de ensinos básico e superior, funcionários de creches, e trabalhadores da limpeza urbana e coletores de resíduo. As populações estimadas dos novos grupos não foram informadas.
A campanha começou no dia 17 de abril. Até agora, foram imunizados em Jaú 3.090 crianças maiores de 6 meses e menores de 5 anos, 3.855 profissionais da saúde, 645 gestantes, 131 puérperas e 14.187 idosos, totalizando 22.124 pessoas protegidas contra três subtipos do vírus da gripe (A H1N1, A H3N2 e influenza B).
Entre esses grupos, a população na cidade é de 32.344 habitantes, o que resulta em cobertura vacinal de 68,40%.
Desde o início da campanha, também faziam parte dos grupos prioritários professores das redes pública e privada, que não tiveram número de vacinas estimadas. Para pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, a estimativa era distribuir 11.735 doses, mas o balanço parcial não foi divulgado. No total, a meta de Jaú era vacinar 44.079 pessoas.
A vacina está disponível em todas as unidades básicas de saúde (UBSs), que funcionam de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h. A campanha vai até 9 de junho.
Ritmo
Neste ano, a procura pelos postos está em ritmo mais lento. No Estado de São Paulo, a cobertura no momento é de 68,5%. A enfermeira Leila Aparecida Garcia Rossi, da Vigilância Epidemiológica de Jaú, acredita que isso se deve à não ocorrência de casos graves e mortes por gripe A H1N1 neste ano.
“Infelizmente, é assim que funciona”, lamenta. “Gostaria de reforçar que a população que pertence aos grupos deve procurar os postos”, ressalta. A vacina demora 15 dias para fazer efeito no organismo, por isso é recomendável receber a proteção o quanto antes. O inverno, período em que a circulação do vírus aumenta, começa no dia 21 de junho
 
 
 
 
SindSaúde
Rua Sebastião Ribeiro, 501 - CEP 17.201-180 - Centro - Jaú / SP
Fone (14) 3622-4131 - E-mail: sindsaudejau@uol.com.br