Jaú   •  
   Página Inicial
   Associe-se
   Atendimentos
   Aniversariantes
   Acordos
   Aviso Prévio
   Recolhimento da Contribuição Sindical
   Convenções Coletivas
   Colônia e Clube
   Código de Ética
   Convênios
   Contribuições Online
   Cursos / Palestras
   Diretoria
   Eventos
   Espião Forceps
   Fale Conosco
   Galeria de Fotos
   História
   Homologação
   Links Úteis
   LEI: Auxiliar x Técnico
   Localize
   Notícias
   Seguro de Vida
   Sindicato Forte
   Telefones Úteis
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Sindicato da Saúde acompanha de perto demissões na UPA de Pederneiras


11/07/2017

34 funcionários serão demitidos, mas apenas parte será aproveitada pela FERSB no novo Centro de Especialidades e em outras unidades de saúde

O Sindicato da Saúde de Jaú e Região está acompanhando de perto o fechamento da UPA em Pederneiras, o que vai ocasionar na demissão de muitos profissionais da saúde. O fechamento da Unidade de Pronto-Atendimento, com a transformação dela em Centro de Especialidades, foi anunciado pela Prefeitura de Pederneiras.

Hoje são 34 trabalhadores contratados pela Fundação Estatal Regional de Saúde da Região de Bauru (FERSB). O diretor administrativo Edcarlos Camargo admite que apenas parte desse quadro de pessoal será aproveitado a partir de 1 de agosto, quando a mudança no sistema de saúde em Pederneiras estará em andamento.

A presidente do Sindicato da Saúde, Edna Alves, está preocupada com a rescisão do contrato dos profissionais da saúde. Até o momento não foram agendadas as homologações no sindicato. O objetivo dela

Notícia publicada nesta terça-feira (11/07) informa que a UPA muda de finalidade. "O novo modelo inclui ampliação no horário de atendimento de PSFs e farmácias dos três distritos, centralização do atendimento de urgência, implantação de uma nova unidade de saúde e transforma'

Edcarlos diz que foi informado pela Prefeitura no dia 7 do fechamento da UPA, por isso não é possível ainda definir quantos funcionários serão remanejados para outros setores nos quais a FERSB também presta serviços à Prefeitura.  Segundo ele está sendo avaliada quais serão reaproveitados no Centro de Especialidades ou nas unidades de saúde, como o PSF.

Aos trabalhadores da saúde da UPA que estiverem nos planos da FERSB será oferecida a mudança. A UPA funciona até  31 de julho. Depois, o prédio passa a funcionar como Centro de Especialidades. "No local, equipe composta por assistentes sociais, nutricionista, fonoaudiólogo e enfermeiros irá oferecer atendimentos de neurologia, gastroenterologia, cardiologia, otorrinolaringologia, psiquiatria, oftalmologia, vascular, dermatologia, endocrinologia e urologia."

 

Foco no Pronto-Socorro - A assessoria de comunicação da Prefeitura de Pederneiras informa que a UPA consome R$ 500 mil mensais atualmente, sendo R$ 100 mil do governo federal. Com o fim da UPA, a cidade deixa de receber esse repasse. Parte dos recursos do Município será direcionada para o

Pronto-Socorro (PS) da Santa Casa - de R$ 589 mil mensais sobre para R$ 709 mil.

De acordo com  a assessoria, a UPA não atendia casos de urgência, fazendo a triagem e encaminhando o paciente para o PS. "Nosso objetivo sempre foi priorizar e valorizar o Pronto-Socorro da nossa Santa Casa", afirma o prefeito Vicente Minguili na reportagem do JC de Bauru.

 
 
Sindicato da Saúde Jaú e Região
Rua Sebastião Ribeiro, 501 - CEP 17.201-180 - Centro - Jaú / SP
Fone (14) 3622-4131 - E-mail: sindsaudejau@uol.com.br