Jaú   •  
   Página Inicial
   Associe-se
   Atendimentos
   Aniversariantes
   Acordos
   Aviso Prévio
   Recolhimento da Contribuição Sindical
   Convenções Coletivas
   Colônia e Clube
   Código de Ética
   Convênios
   Contribuições Online
   Cursos / Palestras
   Diretoria
   Eventos
   Espião Forceps
   Fale Conosco
   Galeria de Fotos
   História
   Homologação
   Links Úteis
   LEI: Auxiliar x Técnico
   Localize
   Notícias
   Seguro de Vida
   Sindicato Forte
   Telefones Úteis
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Sindsaúde acompanha de perto demissões na UPA de Pederneiras


34 funcionários serão demitidos, mas apenas parte será aproveitada pela FERSB no novo Centro de Especialidades e em outras unidades de saúde

O Sindsaúde de Jaú e Região está acompanhando de perto o fechamento da UPA em Pederneiras, o que vai ocasionar na demissão de muitos profissionais da saúde. O fechamento da Unidade de Pronto-Atendimento, com a transformação dela em Centro de Especialidades, foi anunciado pela Prefeitura de Pederneiras.

Hoje são 34 trabalhadores contratados pela Fundação Estatal Regional de Saúde da Região de Bauru (FERSB). O diretor administrativo Edcarlos Camargo admite que apenas parte desse quadro de pessoal será aproveitado a partir de 1 de agosto, quando a mudança no sistema de saúde em Pederneiras estará em andamento.

A presidente do Sindsaúde, Edna Alves, está preocupada com a rescisão do contrato dos profissionais da saúde. Até o momento não foram agendadas as homologações no sindicato. O objetivo dela

Notícia publicada nesta terça-feira (11/07) informa que a UPA muda de finalidade. "O novo modelo inclui ampliação no horário de atendimento de PSFs e farmácias dos três distritos, centralização do atendimento de urgência, implantação de uma nova unidade de saúde e transforma'

Edcarlos diz que foi informado pela Prefeitura no dia 7 do fechamento da UPA, por isso não é possível ainda definir quantos funcionários serão remanejados para outros setores nos quais a FERSB também presta serviços à Prefeitura.  Segundo ele está sendo avaliada quais serão reaproveitados no Centro de Especialidades ou nas unidades de saúde, como o PSF.

Aos trabalhadores da saúde da UPA que estiverem nos planos da FERSB será oferecida a mudança. A UPA funciona até  31 de julho. Depois, o prédio passa a funcionar como Centro de Especialidades. "No local, equipe composta por assistentes sociais, nutricionista, fonoaudiólogo e enfermeiros irá oferecer atendimentos de neurologia, gastroenterologia, cardiologia, otorrinolaringologia, psiquiatria, oftalmologia, vascular, dermatologia, endocrinologia e urologia."

 

Foco no Pronto-Socorro - A assessoria de comunicação da Prefeitura de Pederneiras informa que a UPA consome R$ 500 mil mensais atualmente, sendo R$ 100 mil do governo federal. Com o fim da UPA, a cidade deixa de receber esse repasse. Parte dos recursos do Município será direcionada para o

Pronto-Socorro (PS) da Santa Casa - de R$ 589 mil mensais sobre para R$ 709 mil.

De acordo com  a assessoria, a UPA não atendia casos de urgência, fazendo a triagem e encaminhando o paciente para o PS. "Nosso objetivo sempre foi priorizar e valorizar o Pronto-Socorro da nossa Santa Casa", afirma o prefeito Vicente Minguili na reportagem do JC de Bauru.

 
 
SindSaúde
Rua Sebastião Ribeiro, 501 - CEP 17.201-180 - Centro - Jaú / SP
Fone (14) 3622-4131 - E-mail: sindsaudejau@uol.com.br