Jaú   •  
   Página Inicial
   Associe-se
   Atendimentos
   Aniversariantes
   Acordos
   Aviso Prévio
   Recolhimento da Contribuição Sindical
   Convenções Coletivas
   Colônia e Clube
   Código de Ética
   Convênios
   Contribuições Online
   Cursos / Palestras
   Diretoria
   Eventos
   Espião Forceps
   Fale Conosco
   Galeria de Fotos
   História
   Homologação
   Links Úteis
   LEI: Auxiliar x Técnico
   Localize
   Notícias
   Seguro de Vida
   Sindicato Forte
   Telefones Úteis
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Centrais sindicais discutem MP para corrigir texto da Nova Lei Trabalhista


06/09/2017

Reunidos na sede da União Geral dos Trabalhadores (UGT), em São Paulo, na tarde desta segunda-feira (04), os presidentes da CTB, Nova Central, CSB e Força Sindical, contando com a presença do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), debateram a ampliação da unidade das entidades para vencer a profunda crise que o Brasil está vivendo.

Entre as ações que foram discutidas, os sindicalistas pautaram a formulação da Medida Provisória (MP), que busca corrigir pontos aprovados na nova Lei Trabalhista e que são extremamente danosos para a classe trabalhadora.
 
Os líderes sindicais discutiram a inclusão de algumas propostas, principalmente no que se refere ao trabalho intermitente e a permissão para que mulheres gestantes possam trabalhar em locais insalubres.
 
Outros pontos abordados na reunião propõem que a fundação de sindicatos só poderá acontecer mediante unanimidade no Conselho Nacional do Trabalho, visando acabar com a chamada “fábrica de sindicatos”; a instituição que não negociar com o patronal em um período de dois anos perde sua carta sindical; e o quórum para validar assembleias sindicais, que foi debatido em torno da presença de 10% das categorias, podendo ser feito em mais de uma convocação, diferentemente do que ocorre hoje, em que o chamamento é para um único encontro.
 
De qualquer forma, no dia 11 de setembro as centrais sindicais, juntamente com entidades patronais terão um encontro com o presidente Michel Temer para discutir os últimos detalhes da MP que será editada.
 
Fonte:UGT
 
 
Sindicato da Saúde Jaú e Região
Rua Sebastião Ribeiro, 501 - CEP 17.201-180 - Centro - Jaú / SP
Fone (14) 3622-4131 - E-mail: sindsaudejau@uol.com.br