Jaú   •  
   Página Inicial
   Associe-se
   Atendimentos
   Aniversariantes
   Acordos
   Aviso Prévio
   Cálculo Aposentadoria
   Convenções Coletivas
   Colônia, Clube e Rancho
   Código de Ética
   Convênios
   Contribuições Online
   Cursos / Palestras
   Diretoria
   Eventos
   Espião Forceps
   Fale Conosco
   Galeria de Fotos
   História
   Homologação
   Links Úteis
   LEI: Auxiliar x Técnico
   Localize
   Notícias
   Seguro de Vida
   Telefones Úteis
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Sindsaúde de Jaú cobra Prefeitura e Santa Casa de Bariri para resolver impasse do salário em atraso


Previsão é que pagamento de 135 funcionários da Santa Casa seja feito até quinta-feira (14/12)

O Sindsaúde de Jaú e Região, por meio da presidente Edna Alves, esteve nesta terça-feira (12/12) em Bariri para tentar resolver o impasse do salário em atraso na Santa Casa de Bariri. Cerca de 135 funcionários não receberam seus salários no quinto dia útil e estão preocupados com o destino do hospital depois que administradores foram alvo de investigação do Ministério Público Federal.

Edna Alves esteve na Santa Casa logo pela manhã e conversou com tesoureiro, jurídico e RH da Santa Casa para saber da situação. A informação é que o hospital depende do repasse da Prefeitura de Bariri para fazer o pagamento - R$ 214 mil. A direção do hospital explicou que espera o repasse até esta quinta-feira (dia 14), para fazer o pagamento do quadro de funcionários.

Em seguida, o Sindsaúde foi até a Prefeitura para cobrar a liberação dos recursos. No setor financeiro, a informação é de que a verba repassada pelo SUS estava no caixa do poder público e que a liberação para a Santa Casa pode ocorrer em cinco dias. Edna Alves conversou com o secretário de Saúde de Bariri, Mozart Marciano.

Mozart disse que diante das investigações sobre a Organização Vitale, que administra a Santa Casa, teria de obter um parecer de advogado para liberar o dinheiro. Ele prevê liberar nesta quarta-feira os recursos, abrindo a possibilidade para a Santa Casa pagar seus funcionários.

O Sindsaúde está acompanhando o caso e espera que até sexta-feira (15/12) o pagamento seja realizado. Em caso negativo o sindicato tomará providências, podendo até a pleitear o bloqueio de recursos de convênios da Santa Casa para garantir o pagamento dos trabalhadores da saúde.

  

  

  

 
 
SindSaúde
Rua Sebastião Ribeiro, 501 - CEP 17.201-180 - Centro - Jaú / SP
Fone (14) 3622-4131 - E-mail: sindsaudejau@uol.com.br