Jaú   •  
   Página Inicial
   Associe-se
   Atendimentos
   Aniversariantes
   Acordos Coletivos
   Aviso Prévio
   Recolhimento da Contribuição Sindical
   Convenções Coletivas
   Colônia e Clube
   Código de Ética
   Convênios
   Contribuições Online
   Cursos / Palestras
   Diretoria
   Eventos
   Espião Forceps
   Fale Conosco
   Galeria de Fotos
   História
   Homologação
   Links Úteis
   LEI: Auxiliar x Técnico
   Localize
   Notícias
   Seguro de Vida
   Sindicato Forte
   Sisnaturcard
   Telefones Úteis
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Funcionários do Hospital Thereza Perlatti decidem manter greve


21/12/2017

Trabalhadores rejeitaram proposta de que pagamento poderá ser feito nos dias 27 ou 28 se a greve acabar já;

 

Greve continua no fim de semana e no feriado de Natal; trabalhadores e sindicalistas continuam com protesto pacifico 24 horas por dia

 

Reunidos em assembléia na tarde desta quinta-feira (21/12), funcionários da Associação Hospitalar Thereza Perlatti votaram pela continuidade da greve até que recebam o salários (de novembro e o décimo-terceiro). A aprovação foi unânime entre os representantes da categoria que atenderam à convocação.

Assim, a greve continua por tempo indeterminado. Os trabalhadores não aceitaram a proposta verbal feita pela diretoria do hospital de que poderia pagar o salário de novembro  no dia 27 ou 28 de dezembro. Não houve proposta alguma do hospital de quando será pago o abono.

 

A presidente do Sindicato da Saúde de Jaú e Região, Edna Alves, e o advogado Felipe Celulare Marangoni apresentaram aos trabalhadores a proposta patronal.  Também foram apresentados aos profissionais da saúde em greve alguns termos de garantia para a eventualidade de a greve ser interrompida, como estabilidade de emprego aos grevistas por 90 dias, pagamento integral dos dias de greve, controle da chefia e dos não-grevistas para que evitem o bullyng contra os grevistas e outros.

 

Natal na tenda de barriga vazia -  "Por unanimidade foi aprovado que os funcionários permanecem em greve até que o pagamento se realize. Os funcionários não deram crédito à administração do hospital uma vez que o hospital não apresentou documento que comprove que o repasse do governo do Estado será feito até o dia 28."

 

Edna e o jurídico elaboraram documento no qual oficiam a Associação Hospitalar Thereza Perlatti sobre a continuidade da greve e os termos que garantem segurança aos grevistas que estão lutando em nome de todos os profissionais.

Com a continuidade da greve até a próxima a semana, os trabalhadores grevistas e a diretoria do sindicato vão passar  os próximos dias, inclusive o Natal, no movimento em defesa de todos os trabalhadores. "Estamos ao lado dos trabalhadores e vamos estar aqui durante as festas natalinas, apoiando os colegas que tiveram coragem de aderir ao movimento e lutar por todos os trabalhadores", disse Edna.

 

Campanha contra a fome - Edna Alves também reforçou o pedido da campanha "Cuidamos de Sua Saúde e Passamos Fome",cujo objetivo é arrecadar alimentos para as famílias dos funcionários que não receberam seus pagamentos e estão passando necessidades.

"Pedimos à população que auxilie esses trabalhadores e façam a doação de qualquer tipo de alimento, inclusive de quitanda e de açougue. Quem doar, favor comparecer à tenda do sindicato e entregar os produtos." Ela alerta que se a doação for feita na portaria do hospital, os alimentos ficarão para o hospital e não para os trabalhadores.

Edna agradeceu às pessoas e a uma comunidade religiosa que já fizeram suas doações, como também a algumas lanchonetes que doaram lanches e refrigerantes aos grevistas na noite de quarta-feira.

 

 

 

 

 
 
Sindicato da Saúde Jaú e Região
Rua Sebastião Ribeiro, 501 - CEP 17.201-180 - Centro - Jaú / SP
Fone (14) 3622-4131 - E-mail: sindsaudejau@uol.com.br