Jaú   •  
   Página Inicial
   Associe-se
   Atendimentos
   Aniversariantes
   Acordos
   Aviso Prévio
   Recolhimento da Contribuição Sindical
   Convenções Coletivas
   Colônia e Clube
   Código de Ética
   Convênios
   Contribuições Online
   Cursos / Palestras
   Diretoria
   Eventos
   Espião Forceps
   Fale Conosco
   Galeria de Fotos
   História
   Homologação
   Links Úteis
   LEI: Auxiliar x Técnico
   Localize
   Notícias
   Seguro de Vida
   Sindicato Forte
   Telefones Úteis
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

NA MÍDIA: Hospital Thereza Perlatti de Jaú paga salários, mas greve continua


Depósito do restante do 13º salário só será feito em janeiro, diz diretor-executivo

 
FONTE: JC BAURU/30-12

O Hospital Thereza Perlatti de Jaú (47 quilômetros de Bauru) pagou na manhã dessa sexta-feira (29) os salários de novembro dos seus quase 300 funcionários. Segundo a entidade, o depósito do restante do 13.º salário (só foi pago 40% da primeira parcela) só será feito em janeiro. O Sindicato dos Trabalhadores da Saúde de Jaú e Região (Sindsaúde) afirma que a greve dos trabalhadores, que começou no último dia 18, continua por tempo indeterminado.

O diretor-executivo do hospital, Sandro Renato Oliveira, informou que fez os pagamentos com o recurso repassado pelo Estado na noite de quinta-feira (28). "A gente crê que até meados de janeiro consiga já efetivar o pagamento do 13º", diz. "A gente não pode afirmar que vai ter atraso do salário de dezembro, mas a probabilidade de que haja atraso existe".

Segundo a presidente do Sindsaúde, Edna Alves, nos últimos dois dias, a paralisação ganhou adesões da enfermagem e de funcionários da cozinha. Ela garante que o efetivo mínimo de 30% está sendo controlado e mantido pelos trabalhadores e diz que, quando necessário, um grevista assina a favor da greve, mas entra no setor para cobrir a falta de não-grevistas.

Em nota, a Secretaria Estadual de Saúde reiterou que o Thereza Perlatti é um hospital privado e, portanto, responsável pelo pagamento do quadro de funcionários. "É indevido atribuir ao Estado essa competência, uma vez que os recursos dos convênios são destinados pelo Estado voluntariamente com a finalidade de auxiliar no custeio de atendimentos, e não da folha de pagamentos", diz.

"A pasta honra os compromissos firmados com o hospital e o repasse já foi realizado. Desde 2014, o Governo do Estado repassou voluntariamente, por meio de convênios, mais de R$ 14 milhões à unidade, que receberá ainda outros R$ 9 milhões, nos próximos dois anos, com a finalidade de auxiliá-lo a enfrentar o subfinanciamento federal na área da saúde".

 
 
SindSaúde
Rua Sebastião Ribeiro, 501 - CEP 17.201-180 - Centro - Jaú / SP
Fone (14) 3622-4131 - E-mail: sindsaudejau@uol.com.br