Jaú   •  
   Página Inicial
   Associe-se
   Atendimentos
   Aniversariantes
   Acordos
   Aviso Prévio
   Recolhimento da Contribuição Sindical
   Convenções Coletivas
   Colônia e Clube
   Código de Ética
   Convênios
   Contribuições Online
   Cursos / Palestras
   Diretoria
   Eventos
   Espião Forceps
   Fale Conosco
   Galeria de Fotos
   História
   Homologação
   Links Úteis
   LEI: Auxiliar x Técnico
   Localize
   Notícias
   Seguro de Vida
   Sindicato Forte
   Telefones Úteis
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Sindicato da Saúde pede reunião com gestores do Hospital Thereza Perlatti em busca de solução para greve


03/01/2018

A greve no Hospital Thereza Perlatti já chega a 17 dias sem prazo para chegar ao fim. Mas nem por isso o Sindicato da Saúde de Jaú e Região não deixa de buscar uma solução para o conflito iniciado pelo atrasado no pagamento de salários dos quase 300 funcionários, todos apreensivos com a falta de um posicionamento do hospital.
Um novo passo foi dado pelo Sindicato da Saúde para tentar resolver o problema dos trabalhadores: a presidente Edna Alves pediu uma reunião com o gestores do hospital para esta quarta-feira. O objetivo é obter uma posição sobre o pagamento do décimo terceiro da categoria e outros assuntos ligados à greve. "Queremos que a diretoria do hospital se manifeste com uma proposta concreta", disse ela.

A sindicalista disse que a direção do hospital marcou  a reunião para as 14h desta quarta-feira. Na noite de terça, ela ficou sabendo que o presidente da Associação Hospitalar Thereza Perlatti, Paulo Luis Capelotto, vai se reunir nesta quarta-feira com a equipe técnica do hospital, incluindo o diretor-executivo Sandro Renato Oliveira.

Edna lembra que a greve teve início em 18 de dezembro, após tentativa frustrada de conseguir que a AHTP fizesse o pagamento em atraso do décimo terceiro e do pagamento do mês de novembro. Na última sexta-feira o hospital pagou a folha salarial de novembro, mas não deu prazo de quando vai pagar o abono de fim de ano.

Sem previsão de quando vão receber o abono e temerosos de que ocorra novo atraso no pagamento do salário (dezembro, que vence no sábado, dia 6/01), os trabalhadores decidiram manter a greve. Eles estão apreensivos com a situação do hospital e temem pelo fechamento, que chegou a ser cogitado pela diretoria administrativa.

 
 
Sindicato da Saúde Jaú e Região
Rua Sebastião Ribeiro, 501 - CEP 17.201-180 - Centro - Jaú / SP
Fone (14) 3622-4131 - E-mail: sindsaudejau@uol.com.br