Jaú   •  
   Página Inicial
   Associe-se
   Atendimentos
   Aniversariantes
   Acordos
   Aviso Prévio
   Recolhimento da Contribuição Sindical
   Convenções Coletivas
   Colônia e Clube
   Código de Ética
   Convênios
   Contribuições Online
   Cursos / Palestras
   Diretoria
   Eventos
   Espião Forceps
   Fale Conosco
   Galeria de Fotos
   História
   Homologação
   Links Úteis
   LEI: Auxiliar x Técnico
   Localize
   Notícias
   Seguro de Vida
   Sindicato Forte
   Telefones Úteis
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Em sessão happy hour Vereadores de Macatuba aprovam subvenção à Santa Casa


 
- Prefeitura deve fazer repasse na segunda-feira à Santa Casa, que promete pagar os funcionários logo em seguida
 
- Vereador Marcos Goes, de Macatuba, reclama da "pressão" do
Sindsaúde para que sessão extraordinária fosse antecipada de segunda-feira à noite para a tarde de sexta-feira
 
No horário em que muitos costumam fazer "happy hour", vereadores de Macatuba aprovaram nesta sexta-feira (19/01) projeto de lei de concede subvenção à Santa Casa de Macatuba. A sessão extraordinária foi realizada às 16h e durou menos de 40 minutos no salão nobre da Prefeitura. O Sindsaúde de Jaú e Região acompanhou a sessão. Agora, espera que o pagamento seja regularizado no hospital.
O projeto será publicado na imprensa neste sábado (20/01), autorizando o Município a fazer o repasse ao hospital, permitindo assim que seja regularizado o pagamento dos mais de 80 funcionários. Os profissionais da saúde estão sem receber o pagamento de dezembro. E estavam até o início desta semana sem o décimo terceiro salário.
A presidente do Sindsaúde, Edna Alves, diz que a intervenção e pressão do sindicato durante a semana permitiu a antecipação da sessão de segunda-feira para esta sexta-feira. O presidente da Câmara, Ricardo Genovêz, atendeu aos apelos do sindicato e dos funcionários do hospital e convocou os vereadores com cerca de 24 horas de antecedência, uma vez que a Casa de Leis está de recesso (a popular férias).
Repasse mensal - O projeto prevê o repasse de verbas à Santa Casa no valor de R$ 2.566,244 para manutenção do Pronto Socorro (atribuição do Município) e outros valores para que a Santa Casa faça o gerenciamento do Programa Saúde da Família e outras especialidades (também serviços de competência da Prefeitura).
O valor do repasse equivale a R$ 213 mil mensais para o Pronto Socorro da Santa Casa - o valor é verba do SUS e transferida pelo Município ao hospital, uma vez que Macatuba não tem serviço próprio de urgência e emergência, por isso contrata a Santa Casa.
No dia 18, em conversa com diretor administrativo da Santa Casa, Armando Soares de Oliveira, e com trabalhadores do hospital, a informação era de que o pagamento não foi feito à espera do repasse da Prefeitura. A Prefeitura informa que o hospital atrasou a prestação de contas, por isso não teve como votar o projeto de lei no fim do ano passado.
 
  

  

 
 
SindSaúde
Rua Sebastião Ribeiro, 501 - CEP 17.201-180 - Centro - Jaú / SP
Fone (14) 3622-4131 - E-mail: sindsaudejau@uol.com.br