Jaú   •  
   Página Inicial
   Associe-se
   Atendimentos
   Aniversariantes
   Acordos
   Aviso Prévio
   Recolhimento da Contribuição Sindical
   Convenções Coletivas
   Colônia e Clube
   Código de Ética
   Convênios
   Contribuições Online
   Cursos / Palestras
   Diretoria
   Eventos
   Espião Forceps
   Fale Conosco
   Galeria de Fotos
   História
   Homologação
   Links Úteis
   LEI: Auxiliar x Técnico
   Localize
   Notícias
   Seguro de Vida
   Sindicato Forte
   Telefones Úteis
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Vacinação contra febre amarela pode reduzir doações de sangue


Com as recentes notícias sobre casos de febre amarela e convocações para vacinação, o Hemonúcleo do Hospital Amaral Carvalho (HAC) teme a queda das doações de sangue. Quem tomar a vacina deve aguardar 30 dias para doar, o que pode afetar os estoques da unidade.
O serviço que é responsável pela distribuição de hemocomponentes a nove cidades da região de Jaú/SP pede que os doadores compareçam ao local antes da imunização. “Sabemos da preocupação das pessoas com a doença, mas pedimos que se organizem para conciliar as ações e nos ajudem”, ressalta o hematologista Marcos Mauad.
De acordo com o médico, o prazo de quatro semanas é uma questão de segurança a quem vai receber transfusões sanguíneas. “É o tempo que o vírus atenuado da vacina se mantém no organismo. Se alguém doa nesse período, quem receber o sangue pode contrair a doença, especialmente pacientes com baixa imunidade, como muitos do HAC”.
A preocupação se deve ainda à proximidade do Carnaval, que contribui com a falta plaquetas, que têm validade de apenas cinco dias, e de sangue. “Com o feriado, a maioria dos doadores viaja ou não atende as condições básicas, como estar bem descansado e não ter consumido bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores. Além disso, muitos anteciparam as doações nas vésperas de Natal e Ano Novo, e agora devem aguardar o intervalo mínimo, 60 dias para homens e 90 para mulheres”, relata o médico.
Para que não falte sangue e procedimentos precisem ser adiados, a equipe orienta que os doadores se programem. A coleta ocorre de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 13h30, e aos sábados, das 7h30 às 12h. Na terça-feira de Carnaval não haverá expediente, mas o serviço retoma as atividades na quarta-feira, em horário normal.

Quem pode doar?
Jovens a partir dos 16 anos já podem colaborar, basta comparecer ao Hemonúcleo acompanhado de um responsável. Também podem doar pessoas até 69 anos, desde que tenham doado antes dos 60.
Todos os candidatos devem apresentar documento original com foto e estar em boas condições de saúde. “O uso de alguns medicamentos pode ser fator de impedimento, mas nossa equipe poderá orientar o doador durante a triagem”, ressalta Mauad. Mais informações: http://bit.ly/2GtkdIS.

Serviço
Hemonúcleo Regional de Jaú – Hospital Amaral Carvalho 
Rua Dona Silvéria, 150 – Jaú/SP
(14) 3602-1355.

 
 
SindSaúde
Rua Sebastião Ribeiro, 501 - CEP 17.201-180 - Centro - Jaú / SP
Fone (14) 3622-4131 - E-mail: sindsaudejau@uol.com.br