Jaú   •  
   Página Inicial
   Associe-se
   Atendimentos
   Aniversariantes
   Acordos
   Aviso Prévio
   Recolhimento da Contribuição Sindical
   Convenções Coletivas
   Colônia, Clube e Rancho
   Código de Ética
   Convênios
   Contribuições Online
   Cursos / Palestras
   Diretoria
   Eventos
   Espião Forceps
   Fale Conosco
   Galeria de Fotos
   História
   Homologação
   Links Úteis
   LEI: Auxiliar x Técnico
   Localize
   Notícias
   Seguro de Vida
   Sindicato Forte
   Telefones Úteis
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Santa Casa de Bariri vai ter chapa de oposição à Vitale para eleição da provedoria


A eleição para a provedoria da Santa Casa de Jaú, a ser realizada na próxima segunda-feira (19/02) vai contar com duas chapas. Além da situacionista, ligada à Organização Social Vitale Saúde, também haverá chapa da oposição. O registro da nova chapa ocorreu na manhã desta sexta-feira (16/02) e foi feita pelo advogado Irineu Minzon Filho, que já provedor da instituição.

A Santa Casa de Bariri teve sua razão social alterada para o nome da Vitale, organização que passou a gerir o hospital e o pronto socorro. Recentemente, a Vitale esteve envolvida em investigação federal por suposto desvio de recursos em hospital de Campinas, onde também faz a gestão.

O grande problema desse problema envolvendo a Vitale é o atraso de pagamento dos funcionários da Santa Casa de Bariri, que até hoje não receberam o pagamento de janeiro. Este é o terceiro mês seguido de atraso. A administração alega que depende de repasse da Prefeitura, de verba do SUS.

O Sindsaúde de Jaú já esteve presente em outras ocasiões em Bariri, conversou com administradores do hospital e até com as secretarias de Finanças e de Saúde de Bariri. O objetivo era agilizar o repasse dos recursos. Deu certo em dezembro passado e em janeiro. Agora em fevereiro funcionários teriam aceitado acordo com a Vitale para receber até o dia 16. Acordo descumprido.

Solenidade - No registro da chapa de Neu Minzon, muitos funcionários estiveram presentes. O médico Gonzaga falou que "não admite viver essa situação Santa Casa" e pediu para a Vitale se retirar da gestão. "Deixe nossa Santa Casa, que é nossa". Sobre o problema judicial, ele disse ser da Vitale e não da Santa Casa.

Minzon destacou que "a matéria prima nossa são os funcionários, os médicos.. só assim consegue desenvolver um bom trabalho". Ele disse que gostaria de resgatar a Santa Casa. A chapa será avaliada pelo Conselho de Administração e se aceita vai para as urnas.

A Bariri Rádio Clube e o Jornal Candeia fizeram transmissão ao vivo do registro da chapa,entrevistando o candidato, funcionários e demais pessoas presentes. A íntegra está nos links abaixo:

Link do vídeo da Bariri Rádio Clube. https://www.facebook.com/baririradioclube/videos/1610917208963623/

Link da reportagem do Jornal Candeia. https://www.facebook.com/JornalCandeia/videos/1735528386514754/






 
 
SindSaúde
Rua Sebastião Ribeiro, 501 - CEP 17.201-180 - Centro - Jaú / SP
Fone (14) 3622-4131 - E-mail: sindsaudejau@uol.com.br