Jaú   •  
   Página Inicial
   Associe-se
   Atendimentos
   Aniversariantes
   Acordos Coletivos
   Aviso Prévio
   Recolhimento da Contribuição Sindical
   Convenções Coletivas
   Colônia e Clube
   Código de Ética
   Convênios
   Contribuições Online
   Cursos / Palestras
   Diretoria
   Eventos
   Espião Forceps
   Fale Conosco
   Galeria de Fotos
   História
   Homologação
   Links Úteis
   LEI: Auxiliar x Técnico
   Localize
   Notícias
   Seguro de Vida
   Sindicato Forte
   Sisnaturcard
   Telefones Úteis
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Sindicato da Saúde leva Vitale à Mesa de Conciliação pelo fim da greve na Santa Casa de Bariri


20/03/2018

O Tribunal Regional do Trabalho (TRT-15), de Campinas, marcou para esta quarta-feira (21/03) a Mesa de Conciliação com o objetivo de encerrar a greve na Vitale/Santa Casa de Bariri iniciada em 11 de março. Na reunião participam o Sindicato da Saúde de Jaú e Região, com apoio da Federação Paulista da Saúde, e a Organização Social Vitale Saúde, que administra o hospital baririense.

Presidente do Sindicato da Saúde, Edna Alves, esclarece que a Mesa de Conciliação no Tribunal pode colocar um fim à greve, que teve origem por causa dos constantes atrasos no pagamento de salários aos funcionários da Vitale/Santa Casa de Bariri. São quatro meses seguidos de atraso – em fevereiro o pagamento só foi feito 14 dias depois do quinto dia útil. Em março, a Vitale pagou o salário parcelado até o dia 15 de março.

Além de Edna Alves, representarão o sindicato na Mesa de Conciliação o advogado Nilton Agostini Volpato e o presidente da Federação Paulista da Saúde, Edison Laércio de Oliveira. Pelo lado patronal é esperada a presença e diretor e jurídico da Vitale/Santa Casa de Bariri.

Um dos objetivos do Sindicato da Saúde nessa Mesa de Conciliação é que a Vitale/Santa Casa de Bariri assine um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Tribunal, comprometendo-se a fazer os próximos pagamentos em dia, ou seja, no quinto dia útil de cada mês.

A greve teve início no dia 11 de março, após assembléia realizada no dia 20 de fevereiro, quando os trabalhadores votaram pelo estado de greve de imediato e greve em seguida, caso ocorresse novo atraso no pagamento de salários. E foi isso que aconteceu. A Vitale/Santa Casa de Bariri não pagou no dia certo. E ainda por cima tentou acabar com a greve oferecendo 30% do pagamento no sétimo dia útil e o restante posteriormente.

“A greve continua mesmo com o pagamento do salário no dia 15 de março, porque a greve é pelo fim do atraso no pagamento. O problema do atraso não foi resolvido. Desde o salário de novembro os trabalhadores da Vitale/Santa Casa de Bariri recebe fora do prazo. Assim, ficam no prejuízo, pagam multa nas contas, sofrem com aluguel atrasado, com atraso no pagamento de faculdade e até passam fome sem dinheiro para fazer compra em mercado”, desabafa Edna Alves.

 
 
Sindicato da Saúde Jaú e Região
Rua Sebastião Ribeiro, 501 - CEP 17.201-180 - Centro - Jaú / SP
Fone (14) 3622-4131 - E-mail: sindsaudejau@uol.com.br