Jaú   •  
   Página Inicial
   Associe-se
   Atendimentos
   Aniversariantes
   Acordos
   Aviso Prévio
   Recolhimento da Contribuição Sindical
   Convenções Coletivas
   Colônia e Clube
   Código de Ética
   Convênios
   Contribuições Online
   Cursos / Palestras
   Diretoria
   Eventos
   Espião Forceps
   Fale Conosco
   Galeria de Fotos
   História
   Homologação
   Links Úteis
   LEI: Auxiliar x Técnico
   Localize
   Notícias
   Seguro de Vida
   Sindicato Forte
   Telefones Úteis
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Comunicação eficaz requer planejamento e rapidez


02/08/2018

Isso vale tanto para a tradicional mídia impressa como para as redes sociais

O jornalista especializado em imprensa sindical, Sérgio Gomes, um dos fundadores e diretor titular da empresa de comunicação Oboré, abordou em sua palestra as maneiras mais corretas de se "comunicar a ação". Ou seja, apontou caminhos para o sucesso da informação no enfrentamento aos impactos da reforma trabalhista.

Segundo o palestrante, o primeiro passo para os sindicatos se comunicarem "e bem" com a categoria é planejar a comunicação. Exemplo: saber o que vai falar e para quem. Tão importante quanto, é identificar os veículos a serem utilizados (do próprio sindicato ou não). "É preciso ser ágil ao comunicar a ação. Seja no material impresso ou nas redes sociais".

União coordenada

A fim de demonstrar que a união coordenada faz a força, o palestrante, de 110 quilos, deitou-se no chão e chamou algumas congressistas para erguê-lo com apenas dois dedos das mãos de cada uma delas. "Viu-se que no começo elas não acreditaram que seria possível. Mas, depois de uma ação conjugada e do 'um, dois, três', elas me levantaram. Pois bem, assim devem ser nossas ações no sindicato junto à comunicação. Saber o desafio, se articular, acreditar na força da unidade e agir", disse.

Voz do trabalhador

Sérgio Gomes ilustrou sua palestra com jornais históricos da imprensa sindical brasileira como a coleção encadernada do jornal "A Voz do Trabalhador", publicado pela Confederação Operária Brasileira no início do século 20. Fez também uma espécie de dinâmica valendo-se da sua espontânea forma de se comunicar que, entre outros resultados, mostrou a importância da divulgação de notícias impressas e virtuais para que a conversa do sindicato com o trabalhador conscientize, mobilize e organize a classe trabalhadora ainda mais neste difícil momento para as entidades depois da reforma trabalhista.

fonte: ugt

    

 
 
Sindicato da Saúde Jaú e Região
Rua Sebastião Ribeiro, 501 - CEP 17.201-180 - Centro - Jaú / SP
Fone (14) 3622-4131 - E-mail: sindsaudejau@uol.com.br