Jaú   •  
   Página Inicial
   Associe-se
   Atendimentos
   Aniversariantes
   Acordos
   Aviso Prévio
   Recolhimento da Contribuição Sindical
   Convenções Coletivas
   Colônia e Clube
   Código de Ética
   Convênios
   Contribuições Online
   Cursos / Palestras
   Diretoria
   Eventos
   Espião Forceps
   Fale Conosco
   Galeria de Fotos
   História
   Homologação
   Links Úteis
   LEI: Auxiliar x Técnico
   Localize
   Notícias
   Seguro de Vida
   Sindicato Forte
   Telefones Úteis
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Reunião com representantes de sindicato pode barrar greve na Santa Casa de Jaú


26/10/2018
Jornal da Cidade, 26/10/2018

Jaú - Na próxima quarta-feira (31), às 14h, a diretoria da Santa Casa de Jaú (47 quilômetros de Bauru) irá se reunir com representantes do Sindicato dos Trabalhadores da Saúde de Jaú e Região (Sindicato da Saúde) para discutir um eventual acordo que evite a paralisação parcial dos serviços no hospital, prevista para o dia 8 de novembro.

Conforme divulgado pelo JC, em assembleia realizada no último dia 17, funcionários da Santa Casa deram aval para que o sindicato decretasse estado de greve caso as negociações salariais com o Sindicato das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos do Estado de São Paulo (Sindhosfil) e o hospital não avançassem.

A presidente do Sindicato da Saúde, Edna Alves, conta que a diretoria da Santa Casa, por meio do Sindhosfil São Paulo, fez contato com a Federação Paulista dos Trabalhadores da Saúde para marcar uma reunião de negociação com o sindicato da saúde. O encontro deve contar com representantes das quatro entidades.

Para Alves, essa retomada de negociações proposta pelo hospital pode indicar a solução do conflito, que já dura mais de um ano. Segundo ela, o último reajuste da categoria ocorreu em julho de 2016 e convenção coletiva 2017/2018 é discutida no Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região (TRT-15), em Campinas.

A negociação para o período 2018/2019 está em andamento. O Sindicato da Saúde afirma que ela não foi assinada porque prevê retirada de direitos dos trabalhadores. Para justificar o estado de greve, a entidade aponta descumprimento de cláusulas da convenção coletiva de 2016 e dificuldade de acordo nos anos seguintes.

Nesta semana, em carta aberta à população, o Sindicato da Saúde pediu a compreensão de todos em relação ao estado de greve, explicou sobre a situação dos funcionários e lamentou eventuais transtornos que a paralisação poderá causar, justificando que está agindo dentro do que determina a lei.

A Santa Casa, por sua vez, enviou nota à imprensa informando que é filiada ao Sindhosfil desde 2016, reconhece as convenções firmadas com o sindicato patronal e aguarda decisão judicial referente ao dissídio coletivo para cumprir o que for decidido em juízo pelo TRT da 15ª Região.

 
 
Sindicato da Saúde Jaú e Região
Rua Sebastião Ribeiro, 501 - CEP 17.201-180 - Centro - Jaú / SP
Fone (14) 3622-4131 - E-mail: sindsaudejau@uol.com.br