Jaú   •  
   Página Inicial
   Associe-se
   Atendimentos
   Aniversariantes
   Acordos Coletivos
   Aviso Prévio
   Recolhimento da Contribuição Sindical
   Convenções Coletivas
   Colônia e Clube
   Código de Ética
   Convênios
   Contribuições Online
   Cursos / Palestras
   Diretoria
   Eventos
   Espião Forceps
   Fale Conosco
   Galeria de Fotos
   História
   Homologação
   Links Úteis
   LEI: Auxiliar x Técnico
   Localize
   Notícias
   Seguro de Vida
   Sindicato Forte
   Sisnaturcard
   Telefones Úteis
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

NA MÍDIA: Ao Comércio do Jahu, hospital diz que se governo não acertar valores as portas vão ser fechadas


18/12/2018
 
Fonte. Comércio do Jahu
 

A direção do Hospital Thereza Perlatti comunicou ontem aos funcionários que não terá condições de honrar com a segunda parcela do 13º salário, que deveria ser paga até a próxima quinta-feira. No aviso, a entidade informa que não será possível quitar o compromisso por causa da “atual situação financeira”. A decisão foi tomada em reunião do conselho administrativo, realizada no dia 14.

A situação que afeta diretamente os mais de 300 funcionários do hospital repete a crise financeira de 2017, quando o Perlatti atrasou salários e o 13º do pessoal. Em dezembro do ano passado, a categoria deflagrou greve de um mês, período durante o qual os funcionários diminuíram a jornada de trabalho e fizeram paralisação na frente da entidade.

A presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Saúde de Jaú e Região (Sindicato da Saúde), Edna Alves, informou por meio da assessoria de imprensa que o departamento jurídico vai tomar providências caso o 13º não seja repassado até a próxima quinta-feira. O sindicato ainda critica o fato de o hospital não informar quando conseguirá arcar com o salário adicional.

A diretora executiva, Eva Torelli Martini, afirma que o Perlatti cobra repasses estaduais e federais que estão contingenciados, e que por enquanto não há recursos para o 13º.

 

Ela encaminhou ofício ao Departamento Regional de Saúde (DRS) em que expõe a necessidade de reajustar o valor das diárias pagas, conforme determina portaria de janeiro, além de quitar parcelas em atraso.

No documento, o hospital afirma que se o Estado não se dispuser a rever e a rediscutir a parceria, terá de encerrar as atividades ainda neste ano.

“Estamos buscando receber os recursos que temos para receber e uma sinalização do Estado de que é possível renegociar os valores”, afirma.

 

Referência

Mantido pela Associação Hospitalar Thereza Perlatti, o hospital psiquiátrico é referência para 68 municípios paulistas. No convênio com o Sistema Único de Saúde (SUS), a entidade atende a 210 pacientes de psiquiatria e 80 de neurologia, e também disponibiliza 60 vagas no hospital dia. O local dispõe ainda de leitos particulares, que representam a minoria dos quartos.

http://www.comerciodojahu.com.br/noticia/1384984/nova-crise-no-perlatti-compromete-13%C2%BA

 
 
Sindicato da Saúde Jaú e Região
Rua Sebastião Ribeiro, 501 - CEP 17.201-180 - Centro - Jaú / SP
Fone (14) 3622-4131 - E-mail: sindsaudejau@uol.com.br