Jaú   •  
   Página Inicial
   Associe-se
   Atendimentos
   Aniversariantes
   Acordos Coletivos
   Aviso Prévio
   Recolhimento da Contribuição Sindical
   Convenções Coletivas
   Colônia e Clube
   Código de Ética
   Convênios
   Contribuições Online
   Cursos / Palestras
   Diretoria
   Eventos
   Espião Forceps
   Fale Conosco
   Galeria de Fotos
   História
   Homologação
   Links Úteis
   LEI: Auxiliar x Técnico
   Localize
   Notícias
   Seguro de Vida
   Sindicato Forte
   Sisnaturcard
   Telefones Úteis
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Vergara fala dos desafios que vai enfrentar como Secretário de Saúde de Franca


24/03/2020
 
O diretor de Comunicação da Federação dos Trabalhadores da Saúde do Estado de São Paulo, Luiz Carlos Vergara, assumiu na sexta-feira, dia 20 de março, a Secretaria de Saúde de Franca. A posse foi dada pelo prefeito Gilson de Souza (DEM) e acontece num momento delicado para a saúde não apenas de Franca, mas do país e do mundo. Vergara, que já foi secretário de Saúde em outras oportunidades, falou para o portal da Federação, quando afirmou que se sente “honrado pelo convite do prefeito, com uma responsabilidade imensa, mas estou empenhado em colaborar com a situação que vivemos nos municípios, no estado, no Brasil e no mundo. Quero fazer o meu melhor”, frisou.
 
Profissional na área de saúde há 30 anos, Vergara é oriundo da Santa Casa de Franca. Já foi presidente do Sindicato da Saúde de Franca, onde ocupa o cargo de vice-presidente e foi assessor de gabinete do prefeito Gilson de Souza (2019 - 2020).  Além disso, teve dois mandatos como vereador (1997 - 2000) e (2013 - 2016); foi Secretário Municipal de Habitação na gestão de Gilmar Dominici (2001 - 2002) e também Secretário de Saúde entre 2002 e 2004, também na gestão de Dominici.
Acompanhe a entrevista concedida ao portal da Federação Paulista da Saúde.
 
O que levou o Gilson a te escolher como secretário de saude de Franca?
Creio que a lealdade, o compromisso com o governo e a experiência como profissional da saúde, além da experiência já acumulada como secretário de Saúde. 
 
Como você avalia a atual crise na saúde? 
É um momento grave no Brasil e no mundo, mas temos que unir forças, unificar ações e medidas. A população tem um papel fundamental e de extrema importância, acatando as resoluções determinadas pelas autoridades de saúde na contenção da disseminação do vírus, e a Policia Militar em conjunto com a Vigilância Sanitária, fiscalizar e fazer cumprir todas as determinações que visam reduzir os danos causados pelo novo coroanavírus, o COVID-19. 
 
Quais são suas perspectivas em relação a pandemia de coronavírus?
A principal orientação nesse momento é a cooperação da população em recolher-se dentro de casa e aprimorar os hábitos de higiene.
 
Franca tem condições para enfrentar a crise do coronavírus?
No Brasil as autoridades envolvidas demonstram que é necessário bastante cautela, já que a previsão é que iremos passar por um momento de pico de casos e que devemos manter a população informada das atividades e procedimentos, para que possamos diminuir o número de casos e obter sua contenção. Mundialmente, esperamos que de acordo com os estudos científicos, possamos encontrar vacinas ou outras alternativas do tipo.
 
Quais as medidas que serão tomadas pelo município?
Estamos enfatizando a necessidade da colaboração da população. Já vencemos outras epidemias e com certeza juntos vamos vencer mais essa. A população deve manter-se em quarentena do convívio social, aproveitando esse tempo junto a família de forma amorosa.
 
 
Sindicato da Saúde Jaú e Região
Rua Sebastião Ribeiro, 501 - CEP 17.201-180 - Centro - Jaú / SP
Fone (14) 3622-4131 - E-mail: sindsaudejau@uol.com.br