Jaú   •  
   Página Inicial
   Associe-se
   Atendimentos
   Aniversariantes
   Acordos
   Aviso Prévio
   Recolhimento da Contribuição Sindical
   Convenções Coletivas
   Colônia e Clube
   Código de Ética
   Convênios
   Contribuições Online
   Cursos / Palestras
   Diretoria
   Eventos
   Espião Forceps
   Fale Conosco
   Galeria de Fotos
   História
   Homologação
   Links Úteis
   LEI: Auxiliar x Técnico
   Localize
   Notícias
   Seguro de Vida
   Sindicato Forte
   Telefones Úteis
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

FGTS e Coren: Jurídico do sindicato dá mais prazo para trabalhador entrar com ação

O Departamento Jurídico do Sindsaúde de Jaú e Região prorrogou o prazo para que trabalhadores da saúde façam adesão à ação coletiva para tentar reaver as perdas do FGTS. O objetivo é permitir que mais associados (ou não) possam apresentar a documentação necessária e, assim, ter direito ao benefício numa eventual vitória contra a Caixa Econômica Federal.
A presidente do Sindsaúde (Sindicato dos Trabalhadores da Saúde de Jaú e Região), Edna Alves, pede que o trabalhador seja rápido e providen-cie a documentação. Especialmente o extrato analítico do FGTs que deve ser solicitado na própria agência da Caixa (também disponível pela internet). O documento é obrigatório para ajuizar a ação que tenta reaver perdas que passam de 88% para quem conta no FGTS em 1999 e anos posteriores.
A ação do sindicato é específica para os trabalhadores da saúde associados à entidade – quem trabalha no setor e não é sócio pode se associar, assim pode ser integrado à ação de reparação das perdas.
As perdas ocorreram por causa da correção inadequada da Taxa de Re-ferencial (TR), que é aplicada sobre os saldos depositados no Fundo. A TR é o índice aplicável para corrigir o FGTS, mas o índice perde para a inflação. Diante disso, os valores do fundo estão defasados. O objetivo é fixar o INPC como índice para corrigir o saldo.

Coren-SP- A mesma medida adotada de prorrogar o prazo para que o trabalhador da saúde possa pleitear recuperar as perdas do FGTS foi adotada pelo Sindsaúde de Jaú para a ação movida contra o COREN (Conselho Regional de Enfermagem). A proposta é entrar na Justiça para reduzir a anuidade cobrada pelo COREN.
A ação em benefício dos associados também vai pedir em dobro a devolução dos valores cobrados indevidamente e já pagos pelos trabalhadores da enfermagem nos últimos cinco anos. O Jurídico do Sindsaúde também vai constar da ação o pedido de suspensão dos procedimentos administrativos para fixação de penalidades e cassação já impostas.

AÇÃO DO FGTS

Quais são os documentos necessários?
• Cópia da Cédula de Identidade (RG),
• Cópia do Comprovante de endereço,
• Cópia PIS/PASEP,
• Cópia da CTPS: folha da foto (frente e verso), folha do contrato de trabalho e folha da opção pelo FGTS,
• Cópia do extrato analítico da conta vinculada de FGTS de 1999 até hoje – é emitido pela CAIXA mediante solicitação conforme modelo no site do Sindsaúde (clicar no quadro sobre perdas do FGTS) ou diretamente no site www.caixa.gov.br/fgts, mediante cadastro de senha)
• Procuração
• Declaração de hipossuficiência
• Contrato entre Sindsaúde e trabalhador (preenchido na hora)

AÇÃO CONTRA O COREN-SP
Documentos para integrar a ação coletiva:
- Xerox de carteira de identidade (RG)
- Xerox do CPF
- Xerox da Carteirinha do Coren
- Xerox do pagamento das últimas 5 anuidades
- Xerox de eventual processo de cobrança de cassação

Informações: (14) 3522-4131

 
 
Sindicato da Saúde Jaú e Região
Rua Sebastião Ribeiro, 501 - CEP 17.201-180 - Centro - Jaú / SP
Fone (14) 3622-4131 - E-mail: sindsaudejau@uol.com.br